Inosat prepara entrada em bolsa

A empresa está a fazer um aumento de capital e desenvolve uma forte aposta no mercado brasileiro.

Com a consultoria da Public Research, a Inosat está a preparar a sua entrada em bolsa: o mercado Alternext (pertencente à Euronext) e o Entry Standard (pertencente à Deutsche Börse), são as principais opções em consideração. A organização já tem delineada e em desenvolvimento a operação necessária para obter a aprovação do projecto pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), anunciou em comunicado
O desenvolvimento no mercado brasileiro é a principal aposta da empresa de sistemas de gestão de frota por GPS, para assegurar o potencial de crescimento e valorização.  “Através do aumento de capital a decorrer, a Inosat consegue potenciar os seus negócios no Brasil, potenciando uma valorização de entrada em bolsa 300% superior ao valor da empresa após o aumento de capital em curso”, explica Jorge Carrilho, co-fundador e CEO da Inosat.
Presente em 17 mercados, a Inosat prevê, segundo Jorge Carrilho, investir cerca de 2,25 milhões de euros na evolução do modelo de negócio. Serão acima de tudo, empregues na actividade da organização no Brasil financiando a aquisição de equipamentos e de parte das operações. Alexander Coenen, managing director da Public Research, “vemos na Inosat grande potencial de valorização em bolsa também pela sua exposição a mercados emergentes como o Brasil, Marrocos e Angola.”
Uma das medidas chave adoptadas pela Inosat para atrair investidores consiste em apostar numa política de dividendos atraente, diz em comunicado:  prevê o pagamento de dividendos que vão desde 916 mil euros relativos ao ano de 2013, até 7,8 milhões de euros relativos ao ano de 2016.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado