Só 24% das empresas usa comércio electrónico

E pouco mais de metade das empresas com 10 ou mais funcionário tem sítio Web.

Em 2011, quando 98% das empresas nacionais com 10 ou mais pessoas tem computador, 86% dessas empresas acede à Internet em banda larga, refere o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas, divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
Outros dados mostram que 42% das empresas tem ligação móvel, 45% efectua troca automática de informação e 24% realizou operações de comércio electrónico (excluem-se as operações com o sector financeiro) em 2010. A grande maioria (95%) tem acesso à Internet e usa correio electrónico (email).
O maior uso de TIC está relacionado com o tamanho da empresa, refere o INE, sendo que “a totalidade das grandes e médias empresas (250 e mais pessoas ao serviço; 50 a 249 pessoas) utilizam computador, usam e-mail e acedem à Internet”. Já nas pequenas (10 a 49 pessoas), 97% usa computador e 94% tem acesso à Internet e usa o email.
Só 53,7% total tem sítio Web (49%, 78% e 97% nas pequenas, médias e grandes empresas, respectivamente). Por sector, a presença na Web é mais elevada nas “actividades financeiras e de seguros” (95%) e nas “actividades de informação e de comunicação” e “outras actividades de serviços”, com pouco mais de 92%.
As três actividades com menor presença na Web são a construção (36,6%), alojamento, restauração e similares (41,6%) e transportes e armazenagem, com 45,1%.
Em termos de empresas não financeiras, 24% realizaram operações de comércio electrónico no ano anterior, 16% recebeu encomendas de bens ou serviços, enquanto só 14% realizou encomendas por essa via.
O INE detecta igualmente que “a dimensão da empresa é um factor importante, demonstrando que quanto maior o número de pessoas ao serviço na empresa, maior a utilização da troca automática da informação”, sendo entre as empresas com actividades financeiras e de seguros que ocorrem as principais trocas (84%). No fim da tabela surjem as actividades de alojamento, restauração e similares, com 33,1%.
O inquérito anual foi realizado pelo INE em 2011, com a colaboração da UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento. Foram inquiridas 2854 empresas com 10 e mais pessoas para obter as estimativas. O período de referência é Janeiro de 2011 e o ano de 2010 para as variáveis sobre o comércio eletrónico.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado