Samsung e Apple falaram sobre alargar o seu acordo

Apesar dos conflitos legais entre as duas empresas, os seus responsáveis já conversaram sobre a revalidação da sua parceria, até 2014.

Após a cerimónia religiosa privada em memória de Steve Jobs, houve um encontro entre o CEO, Tim Cook e o director de operações da Samsung Lee Jae-yong: na reunião houve já conversações sobre a renovação da parceria entre as duas empresas. O acordo em vigor termina a 2012 e o objectivo será prolongá-lo até 2014, assim como alargar a sua abrangência.
As negociações deverão ocorrer num ambiente marcado pelos conflitos legais existente entre as duas organizações, envolvendo patentes e o desenho do iPhone, o iPad e o Galaxy. Após a chegada no aeroporto de Seul, Lee (único filho do presidente da Samsung Electronics) revelou ao Korea Herald que a companhia continuará a vender componentes para a Apple em 2012. Acrescentou a intenção de o acordo, envolver até “melhores componentes ” .

No  contexto, dom confronto judicial, a reunião entre os dois pode configurar o início deuma reconciliação entre as duas empresas. Contudo o responsável da Samsung não confirmou essa possibilidade.

“A minha visita teve como objectivo participar na cerimónia religiosa. A concorrência leal será sempre necessária e beneficia o consumidor. Tem existido no passado, existe no presente e continuará no futuro”.

As duas empresas estão envolvidas e mais de 20 disputas  legais, numa dúzia de países. Actualmente a Apple está a conseguir valer os seus argumentos na Alemanha, Austrália e Holanda.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado