Alexandra Silva vai receber Prémio Científico 2010

A investigadora da Universidade do Minho, vai receber 15 mil euros em virtude do seu trabalho sobre formas de derivar linguagens de expressões regulares para modelos de computação.

A IBM entrega na terça-feira, 18 de outubro, o Prémio Científico 2010 à investigadora Alexandra Silva, da Universidade do Minho. O galardão no valor de 15 mil euros pretende distinguir autores de trabalhos de investigação para o desenvolvimento das ciências da computação e tecnologias de informação.

“Coálgebras de Kleene” é o título do trabalho vencedor da 21ª edição do Prémio Científico IBM.  “A investigação introduz uma nova abordagem sobre a forma de derivar linguagens de expressões regulares para modelos de computação, representando uma evolução em relação aos resultados apresentados nos anos 50 por Kleene, para o modelo mais simples de computação”, explica o fabricante em comunicado.

Em 21 anos de existência, segundo o fabricante, é a primeira vez que o prémio distingue uma mulher, no mesmo ano em que a Universidade do Minho se estreia como academia vencedora, confirmando a aposta que tem feito na área científica

Alexandra Silva tem 27 anos e concluiu o seu Doutoramento em Dezembro de 2010 na Universidade de Nijmegen, Holanda, onde a partir deste mês será professora no grupo de Sistemas Inteligentes.

Nesta cerimónia, será também distinguida com uma Menção Honrosa a investigadora Mariana Almeida, do Instituto das Telecomunicações (IT). Doutorada em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico (IST), a investigadora apresentou um trabalho de investigação sobre focagem automática de imagens.
A cerimónia de entrega do Prémio Científico IBM tem lugar no salão nobre da reitoria da Universidade do Minho, em Braga, estando prevista a presença do Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato.

Alexandra Silva recebe Prémio Científico 2010

A investigadora da Universidade do Minho, vai receber 15 mil euros em virtude do seu trabalho sobre formas de derivar linguagens de expressões regulares para modelos de computação.

A IBM entrega na terça-feira, 18 de outubro, o Prémio Científico 2010 à investigadora Alexandra Silva, da Universidade do Minho. O galardão de 15 mil euros pretende distinguir autores de trabalhos de investigação para o desenvolvimento das Ciências da Computação e Tecnologias de Informação.

“Coálgebras de Kleene” é o título do trabalho vencedor da 21ª edição do Prémio Científico IBM. “A investigação introduz uma nova abordagem sobre a forma de derivar linguagens de expressões regulares para modelos de computação, representando uma evolução em relação aos resultados apresentados nos anos 50 por Kleene, para o modelo mais simples de computação”, explica o fabricante em comunicado.

Em 21 anos de existência, segundo o fabricante, é a primeira vez que o prémio distingue uma mulher, no mesmo ano em que a Universidade do Minho se estreia como academia vencedora, confirmando a aposta que tem feito na área científica

Alexandra Silva tem 27 anos e concluiu o seu Doutoramento em Dezembro de 2010 na Universidade de Nijmegen, Holanda, onde a partir deste mês será professora no grupo de Sistemas Inteligentes.

Nesta cerimónia, será também distinguida com uma Menção Honrosa a investigadora Mariana Almeida, do Instituto das Telecomunicações (IT). Doutorada em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico (IST), a investigadora apresentou um trabalho de investigação sobre focagem automática de imagens.

A cerimónia de entrega do Prémio Científico IBM tem lugar no salão nobre da reitoria da Universidade do Minho, em Braga, estando prevista a presença do Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado