Autor nega cópia no tributo a Steve Jobs

Jonathan Mak diz que não tinha conhecimento de projecto semelhante.

Jonathan Mak, o designer cuja homenagem a Steve Jobs se tornou famosa na Internet, negou ter copiado o trabalho de outro artista.
A agência noticiosa Reuters relata que utilizadores do Twitter têm atribuído a ideia original a um designer britânico conhecido como Raid71. No site de Raid71, pode ser visto uma imagem similar que mostra um logótipo da Apple com a mordida na maçã em forma da silhueta de Steve Jobs.
Mas Mak disse à Reuters [e no seu site] que, embora aceite que Raid71 pode ter tido a ideia, ele não tinha conhecimento dela ao criar a sua imagem.
“Eu não copiei o seu trabalho. Cheguei àquela solução por conta própria, e a minha consciência está limpa, mas estou mais do que feliz em reconhecer o facto de alguém ter feito isso antes de mim”.
O desenho de Raid71 coloca um logótipo preto sobre um fundo branco e terá sido criado em Maio. O desenho de Mak, criado [em Agosto] após a demissão de Jobs (embora não tenha sido divulgado em larga escala até à morte de Jobs) coloca um logótipo da Apple branco sobre um fundo preto.
O desenho de Mak foi elogiado por celebridades como Ashton Kutcher e tem sido usado em “merchandising” como t-shirts e canecas que estão a ser vendidas no eBay.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado