Unicer reestrutura a sua plataforma de Business Intelligence

A Logica instalou a ferramenta de BI, Qlikview, nos sistemas de informação do fabricante de bebidas.

A Unicer fez a reestruturação da sua plataforma de Business Intelligence, apoiada num projecto da Logica e usando tecnologia da Qlikview.
A fabricante de bebidas  teve como objectivo melhorar a qualidade e disponibilidade da sua informação, para que esta esteja acessível de forma intuitiva, rápida, flexível e sem restrições geográficas.

A primeira fase do projecto decorreu, segundo um comunicado, desde Dezembro de 2010. O projecto incluiu a definição e implementação de requisitos transversais às várias unidades de negócio – vendas, custos de estruturas, análise de rentabilidade, investimentos, entre outros. Ficou concluído a Julho de 2011.
Durante o projecto foi implementada a ferramenta Qlikview, de forma a reforçar a solução global de BI da Unicer, baseada em SAP Business Warehouse, diz o documento facultado pelo integrador. “A abordagem da Logica passou por catalogar e documentar todas as necessidades de informação e requisitos de negócio das várias áreas operacionais; desenvolvimento de um quadro de BI suportado na ferramenta QlikView 10 e integração dos diversos sistemas de fonte (SAP R / 3, BW, SQL Server, Sharepoint e Excel)”, explica o mesmo.
Segundo a Logica, a indústria de produção e distribuição  de bebidas é caracterizada por uma forte dinâmica na necessidade de analisar diariamente grandes e complexos volumes de informação. De acordo com o mesmo comunicado, a aposta da Unicer nesta área é contínua. Por isso o projecto, desenvolvido em parceria com a Logica, permitiu ao integrador reforçar a sua capacidade analítica, ajudando a transformar volumes maciços de dados, em informação capz de apoiar a gestão do negócio.
“O projecto, desenvolvido e implementado pela Logica, permitiu à Unicer optimizar as suas capacidades analíticas e a performance na execução dos relatórios de gestão. Os layouts de apresentação tornaram-se mais flexíveis e dinâmicos, o que se traduziu numa maior usabilidade da ferramenta”, diz a comunicação do integrador. Ao mesmo tempo, este considera ter havido um aumento da autonomia dos utilizadores face ao suporte da área de IT.  E isso terá permitiu reduzir o custo total de propriedade das ferramentas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado