Citrix avança para a nuvem com compra da Cloud.com

A Citrix obtém um pacote próprio de software para a nuvem, com a aquisição da Cloud.com.

Saltando rapidamente para o mercado crescente dos fornecedores de software para a cloud, o fornecedor de software de virtualização Citrix comprou o fornecedor de software open-source Cloud.com, anunciaram as empresas esta terça-feira. Os termos do acordo não foram revelados.
“Vemos esta aquisição como muito estratégica e para acelerar o que estamos a fazer no mercado de infraestrutura da cloud”, disse Sameer Dholakia, vice-presidente de desenvolvimento de mercado da Citrix.
“Acreditamos que a [cloud computing] é uma tendência transformadora que está a mudar fundamentalmente a maneira como a infra-estrutura é concebida, construída, entregue e consumida”, refere Dholakia. “Acreditamos que haverá milhares de fornecedores a oferecer uma vasta gama de novos serviços na nuvem”.
A Cloud.com, antes denominada VMOps, oferece um “stack” open-source de software de orquestração e administrativo para “correr” desenvolvimentos em cloud no modelo “multitenant” de Infrastructure-as-a-Service (IaaS), chamado CloudStack.
A Citrix planeia continuar a comercializar o software para criar implementações em grande escala de nuvens públicas, para uso empresarial interno ou como uma base para serviços de cloud computing.
“O nosso foco é muito mais em torno de permitir que as organizações possam desenvolver arquitecturas e infra-estruturas de clouds da maneira que as maiores clouds em todo o mundo têm sido construídas”, disse Dholakia.
O CloudStack suporta não apenas o hipervisor XenServer da Citrix, mas também o open-source KVM (Kernel-based Virtual Machine), o Hyper-V da Microsoft e o vSphere da VMware. O CloudStack também está fortemente integrado com o open-source OpenStack.
O CloudStack continuará a ser “neutral” relativamente aos hipervisores mas estreitamente interligado com o OpenStack, referiu Peder Ulander, ex-director de marketing da Cloud.com e agora vice-presidente de produtos da Citrix.
“Vamos manter o foco numa escalabilidade massiva”, disse Ulander.
A Citrix planeia integrá-lo com os seus “gateway” NetScaler Cloud e NetScaler Cloud Bridge de forma a permitir aos utilizadores de serviços de cloud pública ligar computação baseada na cloud com a sua própria infra-estrutura de “back-end”.
Os clientes da Cloud.com incluem empresas como a Nokia, GoDaddy e Zynga, que oferece a popular série de jogos online Farmville. “Somos reconhecidos na escala. Alguns desses clientes atingem milhares de servidores nas suas nuvens”, disse Ulander.
Para se focar melhor neste mercado emergente do software para a cloud, a Citrix lançou uma nova divisão de negócios, denominado de Cloud Platforms Product Group, que será liderada por Dholakia. Ele foi o ex-CEO do fornecedor de virtualização VMLogix, que a Citrix adquiriu no ano passado.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado