iPhone 5 será redesenhado?

Kyle Wiens, da iFixit, antecipa o que pode surgir de novo no futuro iPhone 5.

É uma boa aposta que o iPhone 5 de próxima geração deve chegar este Outono. O mais recente rumor é o de que a Apple encomendou 15 milhões de iPhones novos à Pegatron, empresa de Taiwan.
“O mercado dos telemóveis está tão ágil que não acho que a Apple possa esperar”, diz Kyle Wiens, da iFixit, um sítio Web que fornece manuais para reparação gratuita e fóruns de aconselhamento.
A Apple já mostrou na sua WWDC deste ano o que está no novo iOS 5, mas o hardware do iPhone 5 é uma incógnita. A CIO.com falou com Wiens para obter a sua opinião sobre como poderá ser o iPhone 5.
Wiens e os seus engenheiros da iFixit conhecedores da Apple têm desmontado Macs, iPhones, iPods e iPads e espreitado lá para dentro muito antes de outros. Na realidade, a iFixit foi a primeira a relatar o estranho comportamento da Apple ao colocar parafusos “Pentalobular” à prova de adulterações nos seus produtos e que dificultam as reparações por amadores.
Wiens, um orador de destaque na Macworld deste ano em São Francisco, previu acertadamente que o iPad 2 teria mais RAM (512 MB, para ser exacto) e um processador multi-núcleo, mas não uma maior resolução. E Wiens destruiu um iPad 2 pouco depois de chegar ao mercado.
Qual será a aparência do iPhone 5?
Acho que as pessoas gostam da forma do iPhone 3GS mais do que do iPhone 4. Os iPhone 4 têm uma espécie de design mais duro, angular. O painel de vidro traseiro parte-se muito e é mais espesso do que outros materiais. Ouvi dizer que o design do iPhone 4 caiu em desgraça entre os executivos da Apple.
O meu palpite é que a Apple vai-se livrar desse vidro e regressar à fibra de plástico ou de carbono.
Com o ecrã frontal, os novos ecrãs são um pouco mais finos. A Apple será capaz de diminuir talvez um décimo de milímetro e [alargar o ecrã] para mais perto da borda do telefone. O iPhone 5 pode ter um ecrã ligeiramente maior e pixéis ligeiramente maiores. Ou talvez a Apple só diminua a largura do telefone e mantenha o mesmo tamanho do ecrã.
Acha que a taxa relativamente alta de danos no vidro traseiro do problemático iPhone 4 levará a uma potencial alteração no design?
Já vimos a Apple fazer mudanças para salvar o seu custo de serviço. O iPhone original era muito difícil para o serviço e os aparelhos subsequentes têm sido muito mais fáceis. Os génios da Apple estão a arranjar centenas de milhar de telemóveis ao ano e isso é caro. O iPhone 4 é um projecto frágil.
Num redesenho, a Apple é mais influenciada pela estética. Mas acho que os problemas no vidro vão ser uma preocupação.
A Apple pode realmente diminuir o tamanho sem sacrificar a vida útil da bateria?
Todos os anos, a Apple tem a opção de aumentar a vida útil da bateria ou reduzir o tamanho da bateria. O iPhone original não era bom o suficiente com a duração da bateria. A duração da bateria do iPhone 4 parece aceitável. O meu palpite é que a Apple, com o uso de melhores [energeticamente eficientes] chipsets, irá reduzir o tamanho da bateria em 20%. A mesma vida útil da bateria, uma bateria menor.
O grande desafio com a vida da bateria é quando a Apple for para o 4G [dada a ineficiência dos novos chipsets 4G]. São os chipsets e os mais rápidos protocolos wireless que são realmente os consumidores de bateria. Olhe-se para a vida da bateria de cada telefone 4G recente, não é aceitável.
Então o iPhone 5 não será 4G?
Não. Eu não acho que alguém esteja à espera de que a Apple vá para o 4G este ano.
E sobre o consumo energético no iPhone 5?
A Apple tem de continuar a puxar por isso. Vamos continuar a ver melhorias de desempenho no processador A4. Vai ser realmente interessante ver se a Apple mudou para um mais pequeno processo de fabrico com o novo chip. Se o fizeram, então podem aumentar a velocidade de relógio, mantendo o mesmo consumo de energia.
Estou a supor uma melhoria incremental na velocidade, mas nada de dramático.
Rumores apontam para uma câmara de 8 megapixéis com flash “dual-LED”, em comparação com a câmara de 5 megapixéis do iPhone 4. Acha que isso vai acontecer?
Não tenho acompanhado a câmara e as novas tecnologias que saem. Mas posso dizer que tudo se resume à lente e que a qualidade da câmara é uma questão de espessura. Se se tem um telefone que é duas vezes maior, então pode-se ter uma câmara que é 10 vezes melhor.
Parece uma actualização incremental. Por que não chamá-lo de iPhone 4S?
De todas as vezes que a Apple muda o factor da forma, é excitante. E tenho um pressentimento de que vamos ver um “redesign”. Se eles avançarem com um design totalmente novo, então vai ser iPhone 5 em vez de iPhone 4S. É algo que faz sentido com o novo iPhone a sair ao mesmo tempo que o iOS 5.
Estamos numa fase onde a tecnologia está um pouco madura. Tudo será provavelmente 20% melhor: tudo lá dentro será 20% mais rápido, 20% menor. Mas isso vai levar a Apple a reduzir drasticamente o factor da forma.
Talvez uma forma super-fina, alongada, surja nos cartões.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado