Lucros de operadores móveis em risco

Os custos dos operadores móveis podem exceder as suas receitas dentro de quatro anos alerta a Juniper Research.

Em vários países, as receitas do operadores de comunicações móveis estão a ter crescimento nulo ou registam um declínio, devido à saturação do mercado, factor de queda do ARPU, de acordo com um estudo da Juniper Research. Outro factor negativo para  os operadores móveis é o constante crescimento dos custos de “backhaul” devido ao grande aumento do tráfego de dados móveis.

Este duplicou em 2010 e espera-se que seja multiplicado por 13 em quatro anos até  aos 25 mil petabytes por ano. Como resultado pode haver uma erosão completa dos lucros dos operadores.
Contudo, de acordo com a Juniper Research, os operadores de redes móveis podem reequilibrar as suas contas, lançando uma série de estratégias de adaptação. O objectivo das medidas seria optimizar os  seus fluxos de receitas, além de desenvolver novos, reduzindo ao mesmo tempo, os custos operacionais significativamente.

Para a consultora, as operadoras móveis devem oferecer taxas fixas integradas, disponibilizando um amplo leque de tarifas pré-pagas e pós-pagas segmentadas. Assim, devem concentrar-se no potencial dos modelos de negócios com dupla fonte de receitas em áreas como o cloud computing, M2M e serviços financeiros, onde precisam de tirar proveito dos recursos existentes.

Segundo Windsor Holden, autor do relatório, “não existe uma solução universal para todos os operadores de redes móveis porque, muito simplesmente, cada um lida com as suas próprias circunstâncias, até no mesmo mercado. Portanto, nós identificamos várias medidas para cada operador poder seleccionar o mais adequado às suas necessidades.”




Deixe um comentário

O seu email não será publicado