Flesk Telecom com maior datacenter no Algarve

O maior centro de dados no Sul do país teve um investimento superior a um milhão de euros.

Modularidade, eficiência e redundância são os três parâmetros que a Flesk Telecom teve em vista no novo centro de dados, localizado no sul de Portugal.
A empresa, conhecida pelo seu projecto Domínios.pt, inaugurou as instalações em Faro, sendo “a primeira infra-estrutura do género na região algarvia, com capacidade para mais de 2.000 servidores dedicados e que representa um investimento superior a um milhão de euros”, diz a empresa em comunicado.
“A ideia foi construir uma infra-estrutura que não existia ao nível da região Sul e que, em Portugal, talvez só exista em Lisboa e no Porto. Queríamos criar algo de novo no Algarve ao nível das telecomunicações e centros de dados”, esclarece Bruno Carlos, fundador e administrador da Flesk Telecom.
Assumindo que “o Algarve não é a escolha mais óbvia a nível empresarial, no entanto tem um forte potencial não aproveitado, com a universidade a formar pessoas na nossa área que acabam por se deslocar para os grandes centros precisamente por não existir mercado no sul”.
Bruno Carlos refere ainda que “criámos uma infra-estrutura ultra-moderna e cujas três principais características – a modularidade, a eficiência e a redundância – são interdependentes e só foram possíveis devido à opção de construir todo o centro de dados de raiz”.
A empresa aponta que teve em atenção a eficiência energética, “tendo sido escolhidos apenas equipamentos com uma excelente relação potência/consumo. Além disso, o projecto de arquitectura incluiu o aproveitamento máximo da luz natural nas zonas de escritório, onde não é necessário utilizar iluminação artificial na maior parte do dia”.
Ainda em “termos energéticos, foram instaladas duas unidades de alimentação ininterrupta (UPS) de alta eficiência, tendo estes equipamentos sido combinados com quadros de distribuição de energia modulares – uma solução que permite garantir a dupla alimentação e consequente redundância eléctrica do equipamento”. Foi igualmente “instalado um gerador que garante toda a alimentação eléctrica do edifício em caso de falha da rede”.
Por outro lado, “toda a infra-estrutura foi desenhada com a redundância em mente, tendo sido duplicados todos os equipamentos base, desde o fornecimento de energia até ao arrefecimento e incluindo os circuitos dedicados de fibra óptica”.



  1. O meu site está alojado lá e está muito rápido. O serviço pós-venda é excelente.
    A transição do velho datacenter para o novo decorreu conforme foi descrito no aviso deles. Resumindo: vou continuar cliente!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado