Outsourcing de serviços de sistemas de informação na banca em Portugal

Referência: João Varajão, Cidália Pereira, Luís Amaral, Sandra Castro

A maioria dos gestores de SI de instituições bancárias portuguesas diz que a exposição às instabilidade dos prestadores de serviço constitui o maior risco do outsourcing na banca, de acordo com um estudo realizado por investigadores da UTAD.

A perda de capital intelectual (63%) e a exposição à eventual instabilidade do prestador (78%) são os maiores riscos do outsourcing na banca, segundo um inquérito realizado a gestores de sistemas de informação de cinco instituições bancárias, do mercado português.

Download do estudo