ICANN não quer controlo único da Internet pelos EUA

Discussão decorre até 31 de Março e modelo progressivo pode distribuir responsabilidades para outras organizações.

A Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) propõe que se retire o controlo exclusivo da Internet aos Estados Unidos.
O assunto surge quando o futuro da Internet Assigned Numbers Authority (IANA) está em discussão até ao final deste mês, a pedido da National Telecommunications and Information Administration (NTIA) norte-americana, refere o Intellectual Property Watch. A ICANN, organização responsável pelas funções da IANA desde 1998, propôs a separação da administração norte-americana.
Estas funções incluem “a gestão da zona ‘root’ central do sistema de nomes de domínio da Internet, a gestão do conjunto global de endereços disponíveis do Internet Protocol e a gestão da base de dados contendo os números do protocolo essenciais para a comunicação na Internet”.
A ICANN alega não exisitir qualquer “razão forçosa” para serem os EUA a assegurarem a gestão exclusiva destas funções e propõe que elas sejam passadas para os Regional Internet Registries (RIR), Internet Engineering Task Force (IETF) e Internet Architecture Board (IAB).




Deixe um comentário

O seu email não será publicado