Funcionários públicos sem competências para sector privado

Estudo recente no Reino Unido mostra que um terço das empresas do sector privado não contrataria trabalhadores do sector público.

Segundo o estudo “Barclays Corporate Job Creation Survey 2011“, realizado a 500 executivos do Reino Unido, 32% dos inquiridos “não estão nada interessados” e 25% “não muito interessados” em contratar trabalhadores do sector público que tenham sido despedidos por culpa dos cortes governamentais.
Dentro desta tendência, as empresas mais pequenas, com facturação inferior a 4,2 milhões de euros, são as menos interessadas em contratar este tipo de funcionários, segundo 54% das respostas.
Pelo contrário, as empresas com facturação entre 84 milhões e 420 milhões de euros são as mais interessadas, também com 54% de respostas mas positivas, bem como 45% das empresas com maiores receitas.
Para a maioria dos entrevistados, esta posição negativa está relacionada com a crença de que os funcionários públicos não têm as competências necessárias para assumirem funções no sector privado. Só um terço das empresas crê que estes funcionários são adequados.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado