Ilimitado a 500 Mb

TMN lança novos tarifários pré-pagos “e”, inovadores a nível mundial.

A operadora móvel do grupo Portugal Telecom (PT) revelou hoje uma nova proposta para smartphones, com o novo tarifário pré-pago “e“.
A partir de 10 euros, os clientes TMN podem falar e enviar SMS para outros dispositivos da mesma rede, às noites e fins de semana. Pelo dobro do valor, terá chamadas de voz e envio de SMS ilimitados. A migração para os novos tarifários será gratuita.
Por 15 euros, a TMN acrescenta o acesso à Internet, também durante noites e fins de semana, valor que aumenta para 25 euros para ter os três serviços ilimitados mas, no caso do acesso à Internet, o “ilimitado” é até um limite de 500 Mb. Ao ultrapassar esse total, o utilizador passa a pagar um euro diário pelo acesso online.
Os responsáveis da TMN consideram que esse limite é mais do que suficiente para os utilizadores, até porque a média actual neste tipo de acessos ronda os 100 Mb, segundo João Epifânio. E os “heavy users” ou utilizadores de tablets, por exemplo, terão outros tarifários. Hoje mesmo, os clientes de pós-pagos da TMN terão um aumento do limite de 600 Mb para 1 Gb, sem aumento de preço.
Zeinal Bava acredita que este “novo conceito de pré-pago, que nunca vai acabar” e em que “a adesão vai ser fortíssima”, é “um modelo sustentável” e o limite de 500 Mb até deverá “aumentar em breve”, acompanhando a evolução para a quarta geração na telefonia móvel.
A nova oferta é agora possível pelo melhoramento que tem vindo a ser realizado na rede e continuará para o LTE, onde a PT é um dos 61 operadores a nível mundial em fase de testes. Ainda segundo o CEO da PT, cerca de 3300 sites móveis (ou 85%) da TMN já estão ligados por fibra óptica. No caso dos “hot spots” WiFi, existem cerca de 1600. “Fixo e móvel são uma extensão um do outro”, sendo mesmo as redes da PT geridas por uma única direcção.
Nesse sentido, “a PT e a TMN vão reforçar o investimento no móvel”, assegurou Bava, que este ano não tenciona perder qualquer cliente na operadora móvel apenas por questões de preço. “Os nossos clientes prezam a inovação”, afirma, para sublinhar que o “e” é um serviço inovador a nível mundial.
Outras operadoras já apresentaram soluções semelhantes (incluindo a Optimus e a Vodafone) mas mais caras, com diferentes tarifários ou limite mais baixo para o acesso online.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado