Crescimento de tablets nas empresas deve explodir

A Apple deve ser a principal vencedora, com quase oito em cada 10 empresas a optar por iPads.

O número de empresas a ceder tablets aos trabalhadores irá duplicar no próximo ano, revelou a empresa de pesquisa ChangeWave Research, a partir de um seu recente inquérito a mais de 1.600 compradores de TI.
O inquérito de Novembro da analista revelou que o iPad da Apple continuará a ser a principal escolha, mesmo no local de trabalho e quando as empresas historicamente fortes no mercado empresarial, como a Hewlett-Packard, estão a lançar este tipo de dispositivos.
Denominando a procura pelos tablets de “explosiva”, a ChangeWave revelou que 14% dos executivos disseram que as suas empresas estão a planear adquirir tablets para os funcionários no primeiro trimestre de 2011. Actualmente, cerca de 7% do total de empresas entrevistadas pela ChangeWave diz que já os forneceram a alguns trabalhadores.
“O número total de empresas que usam dispositivos tablet deverá duplicar nos próximos três meses… um crescimento explosivo na procura que se vai acentuar”, afirma Paul Carton, director de pesquisas na ChangeWave.
“Este pode ser um mercado monstruoso”, disse Carton em entrevista. “O que é impressionante sobre os resultados da pesquisa é a intensidade do salto na procura. Foi muito mais do que esperávamos”.
Os 7% das empresas que já distribuíram tablets foi um aumento de um ponto percentual relativamente a um inquérito similar efectuado pela ChangeWave em Agosto passado.
O iPad da Apple vai continuar a controlar o mercado empresarial de tablets, ofuscando relativamente os novos rivais da Dell e da HP, e do anunciado mas não lançado PlayBook da Research in Motion (RIM), empresa conhecida pelos seus smartphones BlackBerry.
Das empresas que disseram planear a compra de tablets nos primeiros três meses de 2011, 78% apontou o iPad como a sua escolha. Dell, HP e RIM praticamente empataram no segundo lugar, com a Dell e a RIM a obter 9% dos votos e a HP 8%.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado