Quatro tecnologias para uma banda larga mais rápida

GPON, VDSL, LTE e HSPA são quatro tecnologias que estão a ser adoptadas pelos operadores para conseguirem oferecer maiores velocidades de comunicação em redes fixas e móveis.

No próximo ano, espera-se que vários operadores à escala mundial comecem a difundir conteúdos e vídeo em três dimensões e com resoluções mais altas. Com essa perspectiva apostam em quatro tecnologias principais – GPON, VDSL, LTE e HSPA. A aposta da Portugal Telecom em tecnologia GPON é um exemplo.

Para a maioria dos tipos de rede fixas e móveis aumentar as velocidades da infra-estrutura de largura de banda representa um enorme desafio. Podem fundir várias ligações numa só, tanto em cobre como em redes móveis. Mas a questão não tem a ver só com a “last mile”. As estações- base também têm de suportar o incremento, para não serem pontos de estrangulamento. E, por exemplo, a Ericsson diz que as redes de disponibilização de conteúdos, mais conscientes do tipo de conteúdos,  podem ser uma solução.

10G GPON

O uso de tecnologia PON (passive optical network) em redes fixas de banda larga tornou-se muito popular nos últimos dois anos, graças aos menores custos inerentes na utilização de fibra óptica para cada lar.

VDSL2

A família de tecnologias DSL ainda domina o mundo da banda larga fixa. Para assegurar que os operadores conseguem continuar a usar as redes de cobre, os fabricantes de equipamento de rede estão a acrescentar novas tecnologias à VDSL2 para aumentar as velocidades de download para o patamar das centenas de Mbits por segundo.

LTE

A implantação da LTE (Long Term Evolution) está a decorrer por quase toda a Europa, Ásia e Estados Unidos. Segundo a Global Mobile Suppliers Association (GSA) serão lançadas cerca de 50 redes LTE, até final de 2011.

HSPA+

A LTE pode estar a obter a maior parte da atenção, mas 2010 tem sido um estandarte na implantação do HSPA+ (High-Speed Packet Access). E as velocidades de download de 21 Mbps estão longe do limite máximo da HSPA+.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado