Microsoft quer requalificar desempregados para venderem cloud

No âmbito de um protocolo assinado com o CITEVE, o fabricante pretende promover cursos de formação em vendas nos centros de emprego, para constituir uma rede de empresários dedicados à venda comissionada de software Microsoft em cloud computing.

No âmbito da sua iniciativa “Elevar Portugal”, a Microsoft irá promover junto dos desempregados inscritos nos centros de emprego, cursos de formação em vendas para empreendedores, O objectivo da empresa é a constituição, até 2013, de uma rede de empresários em nome individual que passarão a actuar como seus mediadores na venda comissionada de software Microsoft como serviço (cloud computing). Para concretizar este objectivo, a Microsoft anuncia a renovação da sua parceria estratégica com o CITEVE e o financiamento directo a este parceiro com mais de um milhão de euros até 2013, 40% dos quais em dinheiro e o restante em software doado. Este financiamento tornará possível um incremento da cobertura e das ambições do programa “Desafio Emprego XXI” gerido por este parceiro, iniciando assim uma nova fase do programa, denominada “Desafio Emprego XXI 2.0”, de acordo com a Microsoft.

Microsoft quer requalificar desempregados para vender cloud

No âmbito de um protocolo assinado com o CITEVE, o fabricante pretende promover cursos de formação em vendas nos centros de emprego, para constituir uma rede de empresários dedicados à venda comissionada de software Microsoft em cloud computing.

No âmbito da sua iniciativa “Elevar Portugal”, a Microsoft irá promover junto dos desempregados inscritos nos centros de emprego, cursos de formação em vendas para empreendedores, O objectivo da empresa é a constituição, até 2013, de uma rede de empresários em nome individual que passarão a actuar como seus mediadores na venda comissionada de software Microsoft como serviço (Cloud computing). Para concretizar este objectivo, a Microsoft anuncia a renovação da sua parceria estratégica com o CITEVE e o financiamento directo a este parceiro com mais de um milhão de euros até 2013, 40% dos quais em dinheiro e o restante em software doado. Este financiamento tornará possível um incremento da cobertura e das ambições do programa “Desafio Emprego XXI” gerido por este parceiro, iniciando assim uma nova fase do programa, denominada “Desafio Emprego XXI 2.0, de acordo com a Microsoft.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado