Como antecipar o sucesso das empresas de software

Tácticas divergem consoante os sectores em que as empresas se posicionam.

Que factores contribuem para o sucesso ou o falhanço das empresas de software”? A questão foi respondida por investigadores da University of Pittsburgh, Georgia Institute of Technology e McGill University, no trabalho “Why Do Software Firms Fail? Capabilities, Competitive Actions, and Firm Survival in the Software Industry From 1995 to 2007“, publicado recentemente na Information Systems Research.
Devido às “reduzidas barreiras à entrada e saída” no mercado e também ao reduzido custo de produção, a indústria de software é ágil a lançar produtos. Os falhanços também são grandes e, segundo o trabalho, a taxa de falências de 15,9% é muito mais elevada do que noutros sectores, como o farmacêutico, que não chega aos 5%.
Os autores analisaram 870 empresas entre 1995 e 2007, nas componentes de marketing, operacionalidade e investigação e desenvolvimento, e dividiram a indústria em três segmentos (produtividade, lúdico, plataformas e segurança).
Chegaram assim à conclusão de que as empresas com maior probabilidade de triunfar são aquelas “com maior ênfase nas acções competitivas relacionadas com a inovação”, num registo ampliado se fizerem igualmente grandes apostas no marketing e capacidades operacionais.
No entanto, consoante o segmento em que se inserem, a táctica diverge ligeiramente.
“Os gestores de empresas baseadas no conhecimento tendem a enfatizar as grandes ideias (inovação)”, salienta uma das autoras do estudo, Jennifer Shang. “O nosso estudo mostra que a eficiência operacional é mais importante para a sobrevivência da empresa”.
Shang considera que as empresas devem focar-se nas sinergias entre as capacidades da empresa e as acções estratégicas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado