Competências essenciais para CIOs

Integrar pessoas nos processos é o melhor caminho para obter excelentes resultados no universo das TIs.

Os CIOs mais bem sucedidos do mercado conseguem alianças fortes com seus funcionários, bons pares e parceiros de negócios e criam um ecossistema que favorece o seu trabalho. Essa é a opinião dos autores do livro “The CIO Edge: Seven Leadership Skills You Need to Drive Results”, da autoria de Graham Waller, consultor de programas executivos da Gartner, e dos investigadores de práticas de liderança em TI da Korn/Ferry, George Hallenbeck e Caren Rubestrunk.
Segundo Waller, os CIOs entendem que precisam de gerir processos de TI e que a sua meta é a de entregar recursos e atingir as expectativas dos negócios. Sabem também que precisam de liderar pessoas para obter resultados. Mas poucos entendem a importância de combinar essas duas missões e trabalhá-las simultaneamente.
Os autores apontam sete competências essenciais para atingir as metas e conseguir reunir os funcionários e os “stakeholders” (accionistas) em torno de um mesmo objetivo.
1 – Liderança antes de tudo: as consultoras Gartner e Korn/Ferry revelam que os CIOs com melhor desempenho são bons porque têm clara a ideia de que tudo o que precisam de alcançar será conquistado com as pessoas e pelas pessoas. E não se ficam só no discurso. Eles vivem isso. E, com isso, lideram.
2 – Liderança também depende de colaboração: um CIO de alta performance é complexo e é um pensador criativo. Mesmo assim, ele não confia apenas no seu próprio “brilhantismo” para atingir as suas realizações. Age colaborativamente para achar a solução que realmente é a melhor possível.
3 – Papel de duro não ajuda: o CIO vive um paradoxo: uma das formas de ganhar mais influência é não manter controlo de tudo e permitir-se um alguma vulnerabilidade. Essa situação reverte em ligações pessoais profundas, o que vai aumentar a capacidade do profissional para inspirar pessoas dentro e fora da organização.
4 – Resultados certos vêm com os relacionamentos certos: CIOs de alto desempenho gastam uma boa parte do seu tempo e energia a gerir relações dentro e fora das organizações. Eles investem propositalmente em relações horizontais que formam a base para atingir resultados extraordinários.
5 – CIOs são comunicadores natos: o melhor líder na tecnologia sabe que os seus colegas o estão sempre a observar. Claro que tiram vantagem disso sempre, reiterando as suas mensagens centrais e valores, coerentes com a forma como agem. Com essa transparência, consistência, autenticidade e paixão demonstradas diariamente, eles têm a certeza de que as suas mensagens não apenas são entendidas, como também sentidas. Eles querem comunicar um sentimento que empurra as pessoas para as acções corretas.
6 – Liderar é inspirar: em troca de um salário, muitas pessoas terão um desempenho simplesmente adequado. Elas só darão o melhor se acreditarem que estão envolvidas numa missão maior do que elas próprias. Os melhores CIOs fornecem uma visão atraente para as pessoas e envolvem todos no desafio de transformar a organização na melhor do mercado. Isso só se consegue mostrando como a contribuição de cada um é significativa e tem valor.
7 – Construa pessoas, não sistemas: todas as dicas anteriores são sobre pessoas. O sétimo fundamento do CIO é saber preparar todos para serem o próximo líder, deixando a sua herança.  Assim, cada funcionário deve ser tratado como um líder em potência, para o qual todos os conhecimentos e valores devem ser transmitidos diariamente.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado