Três razões para a Microsoft não comprar a Adobe

O especialista no mercado de TIC, Preston Gralla e colunista do site Computerworld.com considera um mau negócio para a Microsoft se comprar a Adobe. Vai ao ponto de dizer que o gigante terá mais a perder do que a ganhar.

“A Microsoft deve ficar longe dessa área de negócio, pois não tem muito a ganhar e bastante a perder”, na opinião de Preston Gralla, colunista da Computerworld. Para sustentar a sua opinião, cita três razões:

1 – Não ajuda na concorrência face à Apple
Na opinião de Gralla, comprar a Adobe pelo seu valor de mercado, perto de 15 mil milhões de dólares, não ajuda a Microsoft a enfrentar a concorrência da Apple no mercado de mobilidade. “A Adobe não tem o conhecimento que falta à Microsoft ou tecnologia para telefones. O facto de Steve Jobs ter banido a tecnologia Flash no iPhone quer dizer alguma coisa”, considera.
2 – Não ajuda na concorrência face à Google
A Adobe também não tem um conhecimento em tecnologia de busca, aplicações para a Internet ou anúncios digitais, lembra Gralla. Por isso, também não trará benefícios à Microsoft para enfrentar a oferta da suite de aplicações Google Docs sobre os produtos Office.

3 – Alteraria negativamente o enfoque da Microsoft
“Comprar a Adobe seria um grande desvio de enfoque face ao que a Microsoft precisa de desenvolver para manter a sua força no mercado”, considera o especialista. Combinar duas companhias grandes, com culturas muito diferentes, exige muito esforço e demora mais de um ano. “Grandes aquisições consomem muito tempo aos executivos, que, no caso da Microsoft, precisam estar focados na concorrência”.

Apesar de tudo, Gralla sugere como melhor medida, uma parceria estratégica com a Adobe, visando explorar as competências deste fabricante, para melhorar os seus próprios produtos.



  1. 1 – Tenho ideia que a compra da adobe nao está direcionada para a concorrencia face a apple .. tenho ideia :))) .. A microsoft tem outros produtos e outras vertentes de negocio sr.especialista nomeadamente o office, onde pode integrar produtos da adobe e ganhar bastante com isso … e claro, globalizar as ferramentas de backoffice no office :) .
    A apple retirou o flash pura e simplesmente porque tem falhas e de maneira a prevenir exploits conta as suas plataformas mobile, preferiu retirar em vez de corrigir .. um standard da apple :) .

    2 – enfrentar o google docs ? tenho a leve ideia que é o google docs que tem de se “esmerar” para enfrentar o office a já popular suite office online :) .. tenho ideia .. :) .. e agora com produtos adobe .. hummm :))

    3 – a microsoft irá integrar os funcionários da adobe, logo nao deverá ser assim uma carga tao grande para os actuais executivos .. é por isso que as empresas tem varios departamentos para lidar com situaçoes como estas, que já ocorreram no passado .
    A microsoft já tem força no mercado suficiente e a maior marketshare em plataformas de backoffice , agora com a adobe ? hummm .. tenho dito …

    Ganha e muito, o sr.especialista tem ideia dos milhoes que a microsoft já pagou á adobe por uso de patentes ? Penso que nao … E a adobe tambem tem lucros ..

    Just my 2 bucks

Deixe um comentário

O seu email não será publicado