Apritel sugere celeridade à Anacom

A Apritel considera premente a aplicação, ao quadro regulatório das comunicações, da recomendação da comissão Europeia sobre o acesso às Redes de Nova Geração, para garantir a concretização dos objectivos do Estado português na área.

A Apritel emitiu um comunicado considerando que a recomendação da Comissão Europeia  sobre o acesso às Redes de Nova Geração “é um passo determinante para a sustentabilidade do investimento em redes de banda larga rápida e ultra-rápida e da concorrência no mercado respectivo”. Assim, diz ser “premente e desejável que a Anacom actue com celeridade e conclua os trabalhos, de modo a responder às necessidades dos cidadãos e à concretização dos objectivos a que o Estado Português se propôs cumprir neste âmbito”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado