Quatro startups a manter debaixo de olho

Uma nova classe de startups ganhou visibilidade, e algumas delas merecem mesmo que se acompanhe a sua evolução.

A conferência DEMO Fall 2010, que decorreu esta semana em Santa Clara, Estados Unidos, revelou o aparecimento de uma nova classe de startups, do segmento móvel às tecnologias empresariais, passando pelo cloud computing, pelas soluções domésticas e pelas redes sociais – todas aspirando ser a feliz contemplada com o prémio de um milhão de dólares em financiamento.
O espaço social foi o que mais startups teve a representá-lo na edição deste ano da conferência, com 17 empresas a ali apresentarem os seus produtos e serviços, do software de reconhecimento de matrículas de automóveis às suites de comunicação para plataformas sociais, passando pelos mapas interactivos.

Eis um apanhado das startups sociais com as ideias mais inovadoras presentes na DEMO Fall 2010:

Bump.com

O que é: A Bump.com é uma plataforma integrada e gratuita de messaging Web e móvel que permite aos utilizadores enviarem mensagens ao proprietário de qualquer matrícula de automóvel nos Estados Unidos, em qualquer altura. As mensagens podem ser enviadas via e-mail, texto ou voz. Para receber as mensagens, o dono da matrícula deve “registá-la” no site, após o que os utilizadores podem ter acesso ao envio/recepção de mensagens baseadas em geolocalização, além de descontos e ofertas.
A inovação: A Bump.com tem algumas utilizações inovadoras. Imagine que ouve um alarme de um carro, vê alguém a bater num veículo e a fugir ou deixou alguma coisa num táxi. A Bump.com permite aos utilizadores recorrer à matrícula desses veículos para enviar ao condutor uma mensagem. Mais: quando o carro está na fila para ser atendido em algum serviço drive-through, o software de reconhecimento de matrículas da Bump.com regista o veículo e toma nota da compra efectuada. Da próxima vez que lá voltar, o software reconhece o carro, “lembra-se” da última compra que efectuou, e apresenta no ecrã da encomenda uma oferta especial e personalizada.

Social Smack

O que é: A SocialSmack é uma plataforma de Web e móvel que relaciona consumidores e marcas. Os utilizadores podem manifestar as suas experiências em relação a determinadas marcas, com “props” (se foi boa) ou “drops” (se foi negativa). Estas opiniões podem ser também publicadas noutras redes sociais como o Facebook ou o Twitter, e os utilizadores recebem pontos e medalhas que incrementam o seu status SocialSmack.
A inovação: O que diferencia a SocialSmack de outros sites de opinião de consumidores como o Yelp são as suas parcerias com as empresas visadas. A SocialSmack permite, assim, às marcas terem acesso às opiniões sobre os seus produtos, de uma maneira geral ou especificamente por localização. A SocialSmack espera que, desta forma, as marcas comecem a fazer publicidade mais direccionada aos seus públicos-alvo, oferecendo descontos ou incentivos especiais.

Sococo Team Space

O que é: O Sococo Team Space é um serviço de comunicação que ajuda equipas distribuídas a comunicar de forma mais eficiente. O seu ecrã de entrada é a representação virtual de um escritório com cubículos individuais ocupados pelos funcionários que façam o login remoto ao serviço. Dessa forma, é possível ver quem se encontra no escritório, quem está ocupado, quem está disponível e quem está reunido com quem. Ao clicar num dos cubículos, o utilizador pode comunicar com o seu ocupante via voz ou chat.
A inovação: O Sococo Team Space é uma forma fácil e útil de juntar funcionários que trabalhem de forma remota para uma empresa ou façam parte de uma equipa geograficamente distribuída. O ecrã de entrada dá aos utilizadores a sensação de ser uma “estação base”, onde podem partilhar tarefas e comunicar com colegas de uma forma fácil e intuitiva.

Trailmeme

O que é: A Trailmeme, um projecto da Xerox, permite aos utilizadores criarem e publicarem “trilhos” ou listas de leitura de conteúdos Web, semelhantes a esquemas de associação de ideias, usando um editor visual. Quando o utilizador conclui um trilho, outros utilizadores podem segui-lo através de uma interface semelhante a um mapa. Dessa forma, o utilizador estará basicamente a contar histórias através de hiperligações.
A inovação: Depois de criar um “trilho”, o Trailmeme deixa o utilizador criar uma versão PDF do conteúdo criado. Este documento pode ser, então, impresso e organizado de uma forma mais tradicional, por exemplo como um manual de formação para novos funcionários de uma empresa.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado