42% das empresas deverão aumentar investimento em TI

Quase metade (49%) deverá manter o mesmo nível de investimento e apenas 9%, optará pela redução em 2010.

O estudo “Novos desafios dos CIO em Portugal: A Importância da Gestão e Optimização dos Processos de Tecnologias de Informação”, indica que praticamente 91% das empresas portuguesas deverá manter (49%) ou aumentar (42%) os seus investimentos em TI. Os responsáveis informáticos das maiores organizações em Portugal estão a investir mais na automatização dos processos e na gestão dos seus sistemas, numa abordagem de optimização dos seus sistemas. O objectivo é contribuir para o aumento das receitas mantendo os custos sob controlo.
O trabalho patrocinado pela SAP, abrangeu 412 CIO das 2000 maiores organizações em Portugal, e mostra que estas alteraram as suas prioridades em 2010. Haverá então um maior enfoque no aumento das receitas, automatização de processos e inovação em produtos e serviços, em detrimento da redução de custos e da eficiência operacional, que no entanto se mantêm entre as maiores prioridades.
“Estes desafios requerem uma reanálise do valor das ferramentas de optimização da gestão de SI, nomeadamente das que, no contexto de cada organização, permitirem um maior alinhamento dos sistemas com o negócio, viabilizando a redução de custos e a optimização de recursos” refere a este propósito Gabriel Coimbra, Research & Consulting Director da IDC Portugal. Para os CIO’s inquiridos, as ferramentas de modelação de processos e arquitectura de sistemas são as prioritárias em termos de investimento de curto prazo. Também prioritárias serão as ferramentas de gestão da performance e de suporte a testes, que contribuem para a redução de tempo e custos, e a maior satisfação do negócio. Já as ferramentas de gestão de “jobs”, não sendo as mais prioritárias, são consideradas como um importante contributo para melhores níveis de serviço, para a produtividade e para a redução do risco associado aos processos de negócio.

Descarregue aqui o estudo.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado