Investigadores receiam impacto ambiental da reciclagem do lixo electrónico

Ventos da Ásia transportam poeiras com substâncias cancerígenas.

Investigadores da China e dos Estados Unidos detectaram a presença de substâncias cancerígenas transportadas pelos ventos na Ásia, contribuindo para a “contaminação global”, cuja origem são os locais de reciclagem de lixo electrónico na China.
Este país é um dos maiores recicladores de computadores, telemóveis e outros equipamentos electrónicos mas as condições de recuperação de componenetes electrónicos reutilizáveis nem sempre é efectuada nas melhores condições.
Num trabalho publicado na revista “Atmospheric Environment”, os investigadores identificaram elementos tóxicos nas emissões atmosféricas de locais de reciclagem do sul da China.
“O problema mais imediato é a saúde dos trabalhadores e das pessoas que vivem na cidade”, declara Bernd Simoneit, professor da Oregon State University e um dos autores do estudo. “Mas isto pode também contribuir para a contaminação global. Por exemplo, estudos anteriores detectaram substâncias cancerígenas em poeiras transportadas pelo vento, vindas da Ásia”.
Simoneit aanalisou o fenómeno em Shantou, uma cidade de 150 mil habitantes na província de Guangdong, e está também a efectuar trabalhos similares na Índia.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado