HP procura profissionais com novas valências

O plano de reestruturação da HP envolve a contratação de seis mil colaboradores qualificados para trabalharem nos seus centros de dados.

O plano de reestruturação anunciado pela HP, que prevê a demissão de nove mil funcionários da área dos serviços nos próximos anos, mas também a contratação de seis mil novos profissionais qualificados para trabalharem nos seus data centers, é o mais recente exemplo da mudança que está a ocorrer em termos das novas valências que as companhias procuram para os seus centros de dados.
Com efeito, muitas são as empresas que procuram agora novos profissionais para os seus data centers de última geração, com valências na área das vendas e implementação de serviços TI. A HP ainda não especificou que posições está prestes a eliminar no seu processo de reestruturação, mas segundo o analista da Forrester Research, James Staten, as demissões devem afectar sobretudo funcionários em funções operacionais, como administradores de sistemas. A maioria dos seis mil novos contratados servirá provavelmente para reforçar a equipa de especialistas em arquitectura de TI da companhia, num movimento directamente ligado à estratégia da companhia de oferecer serviços mais sofisticados. A companhia informou, entretanto, que as mudanças na sua divisão de Serviços Empresariais serão realizadas ao longo de vários anos. Numa conferência telefónica com investidores, responsáveis da HP lassificaram a reestruturação como o último passo na evolução do seu egócio de serviços, uma parte fundamental da companhia, desde que, em 2008, comprou a Electronic Data Systems, o que implicou a entrada de 137 mil novos funcionários para a sua estrutura.
A HP diz que a reestruturação irá também incluir a consolidação dos seus data centers e a gestão de plataformas que irão permitir a disponibilização mais automatizada de serviços aos clientes. “Acreditamos que os próximos cinco a 10 anos determinarão quem será capaz de melhor utilizar a tecnologia para automatizar a disponibilização de serviços”, sustenta Ann Livermore, vice-presidente da unidade Enterprise Business da HP.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado