Office 2010: Microsoft promete amortização em 7,4 meses

Um dos objectivos mais importantes da Microsoft com o lançamento é seduzir as grandes empresas. À nova versão do Office foi adicionado um serviço de armazenamento, chamado SkyDrive, para os utilizadores do Hotmail.

A nova versão do Office a ser disponibilizado através da Internet estará no ar a partir de 15 de Junho, englobando aplicações como o Word, Excel e PowerPoint. Ao mesmo tempo foi mostrado o Office 2010, com novas versões do Visio, do Project. Além disso foram mostradas as versões de servidor do Exchange e do SharePoint.

O fabricante diz ter tomado em consideração a realidade económica das empresas, fustigadas pela crise desde 2008. Isso não levou a empresa a baixar o preço da suite de produtividade. No entanto o tempo de amortização do investimento na plataforma fica nos 7,4 meses segundo uma estimativa feita pelo fabricante, baseada em números da Forrester Research. A projecção tem em conta poupanças possíveis na redução de viagens e com a utilização de ferramentas colaborativas. Por outro lado, a Microsoft promete ganhos de produtividade na ordem das duas semanas por funcionário. O maior impacto terá a ver com o fluxo de informação nas empresas, explica.

Um dos aspectos mais importantes da aposta da Microsoft nas grandes empresas será o maior suporte proporcionado pela plataforma aos trabalhadores de alta mobilidade.

Na apresentação da nova plataforma, a Microsoft apresentou como o Sharepoint 2010 consegue suportar a actualização de um ficheiro de Excel pode ser actualizado e difundido simultaneamente para três suportes ou dispositivos: PC, Web e dispositivos móveis.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado