Tablets podem abrandar venda de netbooks em 2010

O número de netbooks vendidos no mundo deverá aumentar no primeiro trimestre de 2010, mas acabará por ser afectado negativamente pelo aumento da popularidade de tablets como o iPad, de acordo com uma análise da consultora de mercado DisplaySearch.

O número de netbooks vendidos no mundo deverá aumentar no primeiro trimestre de 2010, mas acabará por ser afectado negativamente pelo aumento da popularidade de tablets como o iPad, de acordo com uma análise da consultora de mercado DisplaySearch.
Com efeito, as vendas de mini-portáteis poderão alcançar os 8,7 milhões de unidades nos três primeiros meses do ano, o que representa um crescimento de 44,9 por cento face ao mesmo período de 2009, de acordo com Chris Connery, vice-presidente da DisplaySearch. Mas os tablets, sobretudo orientados aos utilizadores que gostam de ver vídeos, ler livros electrónicos ou navegar na Internet, poderão vir a reduzir estes números.
O reduzido preço dos netbooks tem sido o principal motivo do seu forte crescimento, mas os fabricantes de PC e retalhistas obtêm com este segmento margens e receitas inferiores, como salienta John Jacobs, director de investigação sobre notebooks da DisplaySearch. Consequentemente, os fabricantes poderão vir a mudar a direcção das suas estratégias, passando a concentrar-se em produtos de maior rentabilidade, como os tablets, capazes de gerar receitas superiores às dos netbooks, com funcionalidades similares.
Exemplo típico de un tablet é o novo iPad, lançado no passado Sábado pela Apple. Trata-se de um dispositivo portátil com um ecrã táctil de 9,7 polegadas, no qual os utilizadores podem ver vídeos, ler e-books, jogar online e navegar na Internet. Mas, ao contrário dos netbooks, não têm teclado integrado, o que limita a sua usabilidade para a criação de documentos.
A Hewlett-Packard, Dell, Asus e Lenovo já anunciaram, entretanto, produtos deste tipo já para este ano.
Mas, apesar da ameaça colocada pelos tablets, as vendas de netbooks deverão continuar a crescer, segundo a DisplaySearch. Com efeito, ao longo deste ano, a consultora prevê que se venda um total de 43,8 milhões de unidades, mais 28,5 por cento que em 2009. A consultora diz ainda que, em 2010, este tipo de equipamento representará 20 por cento do total de vendas de PC.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado