Desenvolvimento à medida marca projectos ERP

O desenvolvimento à medida é a solução pela qual optaram 24,7 por cento das empresas participantes num estudo realizado pela IDtrack e apresentado pela IFS Applications acerca da utilização de software ERP nas empresas.

O estudo centrou-se na análise a empresas cujo negócio se baseia em projectos e conclui que em 93 por cento das organizações que possuem ERPs, apenas 9,7 por cento* não teve necessidade de realizar desenvolvimentos para a adaptação dos seus sistemas aos processos de negócio.
De acordo com a investigação, 76 por cento dos directores de TI reconheceram ter precisado de adaptar o seu ERP para obter uma maior funcionalidade e 65 por cento tiveram que integrá-lo com outras soluções para completar a gestão do ciclo do seu negócio, o que confirma que os ERP tradicionais não dispõem das funcionalidades de que as empresas cuja actividade se baseia em projectos precisam.
Tendo em conta o grau tão elevado de adaptações funcionais e integrações que as empresas foram obrigadas a realizar, não constitui surpresa que, ao serem questionadas acerca da implementação de um ERP tradicional, a maioria das organizações inquiridas afirme que as maiores desvantagens são os custos de adaptação e a dificuldade de adaptar alguns sistemas aos seus processos de negócio.
Quanto à gestão integrada dos seus processos, o estudo mostra que nas empresas cujo negócio se baseia em projectos, as áreas geridas pelas soluções ERP são as financeiras (em 93 por cento dos casos), compras (89 por cento), e ventas e serviços (85 por cento). Dos directores de informática inquiridos, 49 por cento reconhece possuir outras soluções para gerir as restantes áreas da empresa, e 39 por cento manifestam a vontade de ter um ERP que faça a gestão de forma integrada de todas as áreas do negócio.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado