Certificações Cisco e Microsoft levam a salários mais elevados

Compensa aos profissionais das tecnologias serem certificados, de acordo com um estudo realizado pela Dice Learning, segundo o qual 10 das certificações em TI actualmente disponíveis conduzem directamente a salários mais elevados.

“Nem todas as certificações têm o mesmo impacto no salário do profissional que as obtém. Embora cerca de metade de todos os profissionais das TI tenham pelo menos uma certificação, apenas um pequeno grupo atribui o seu aumento salarial à certificação que obteve”, sustenta Evan Lesser, director da Dice Learning, empresa especializada em formação técnica e informação sobre certificações. De acordo com este responsável, “quando se combina um conjunto de valências identificado como necessário com o potencial impacto salarial, vemos que algumas certificações específicas se tornam especialmente valiosas aos profissionais das tecnologias”.
A Dice Learning baseou o seu estudo num inquérito a cerca de 17 mil profissionais das TI, para determinar que valências técnicas e certificações levam a compensações salariais mais significativas. Por exemplo, os profissionais de TI certificados como Project Management Professional podem exigir um salário superior, sendo que os que se encontram desempregados podem ter maior facilidade em encontrar uma nova posição. De acordo com a Dice Learning, existem hoje 1400 empregos disponíveis no site Dice.com em que a certificação PMP é apontada como requisito.
“É algo que assume uma particular importância nos dias de hoje, com as empresas a pegarem de novo em projectos que tinham posto dentro da gaveta por causa da crise”, diz a consultora.
Outras certificações que ajudam os profissionais das TI a obter melhores remunerações são as atribuídas por fabricantes de renome. As certificações Microsoft Certified Systems Engineers (MCSE), Microsoft Certified Professionals (MCP) e Microsoft Certified Systems Administrators (MCSA) são algumas das mais notórias, mostrando que os profissionais com estas credenciais são os mais procurados. A Dice.com tem, por exemplo, 1000 ofertas de emprego em que a certificação MSCE é um requisito obrigatório.
“Sobretudo procurada por engenheiros de sistemas, engenheiros de suporte técnico, analistas de sistemas, analistas de redes e consultores técnicos, a certificação MCSE destina-se aos profissionais que passam o seu tempo a manter as plataformas básicas sobre as quais as empresas funcionam”, sustenta Dice Learning.
Também os profissionais que obtêm a certificação como Cisco Certified Network Associates (CCNA) são compensados em termos remuneratórios, de acordo com este estudo. Tendo a “capacidade de instalar, configurar, executar e resolver os problemas de redes de média dimensão com routers e switches”, os CCNAs acabam por ser compensados no salário que recebem. A Dice.com tem mais de 650 ofertas de emprego em que as valências em CCNA são exigidas.
A certificação Network + surge também na lista da Dice Learning, dizendo respeito à capacidade de gerir, manter, resolver problemas, instalar e configurar infra-estruturas de rede básicas. Oferecida pela Computing Technology Industry Association (CompTIA), a certificação Network + é também muitas vezes incluída em programas de fabricantes, tais como a Microsoft, Cisco, Novell e HP. A certificação A +, também da CompTIA, é frequentemente associada aos profissionais do suporte técnico e comprova que um determinado profissional consegue instalar redes e conduzir operações de manutenção preventiva, nem como assegurar a resolução de problemas e a segurança dessas redes.
As certificações em segurança, como a Security + da CompTIA e a Certified Information Systems Security Professional (CISSP) também conduzem a um nível salarial superior, segundo a Dice Learning, para quem “a segurança é uma preocupação crescente para as empresas de todo o mundo”. Para todos os que são certificados em CISSP, a Dice.com tem actualmente 750 lugares em aberto.
As capacidades de processo podem também significar mais dinheiro no fim do mês, de acordo com o estudo. A certificação ITIL (IT Infrastructure Library), por exemplo, comprova que o profissional que a obteve estudou as melhores práticas e pode aplicá-las nos serviços de gestão TI de qualquer empresa. “A certificação ITIL demonstra a valência dos profissionais na gestão das tecnologias. As organizações públicas e privadas usam a ITIL como uma espécie de compêndio para as melhores práticas operacionais de TI”, sustenta a Dice Learning.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado