Outsystems focada nas clouds privadas

Depois de um ano de travagem no crescimento – o qual caiu ficou abaixo dos 35% registados em 2008 – a empresa liderada por Paulo Rosado, tem boas perspectivas para 2010, e apostando na Internet para agilizar as suas vendas.

O CEO da Outsystems Paulo Rosado explica que depois de a empresa crescer perto de 35% nos últimos anos, 2009 foi uma excepção e o despenho da companhia ficou abaixo dessa marca. Para 2010 as expectativas são melhores e o responsável pensa que deverá começar a colher dividendos da promoção das tecnologias da empresa, feita pela Internet. Esta plataforma tem sido essencial não só para disponibilizar a plataforma Agile, como também para formar mais pessoas sobre a tecnologia. “As pequenas organizações ou departamentos têm aderido e depois os grupos, por inteiro, acabam por adoptar a plataforma”, explica. São esses os frutos, mais “graúdos”, que Rosado diz estar agora a colher. Por isso, um dos objectivos da empresa será facilitar o acesso à tecnologia Agile, através do site, conseguindo assim reduzir custos. “O nosso objectivo é reduzir completamente a curva de aprendizagem, necessária para usar a plataforma”, promete o responsável.
De acordo com Paulo Rosado, a Agile tem características de flexibilidade de gestão, entre outras, para suportar bem modelos de cloud computing, especialmente em regimes privados. Assim o responsável assume uma aposta mais forte nos mercados das cloud privadas – sem desprezar o universo das cloud públicas. E contudo acha que o modelo não assim tão extraordinário, porque a Ousystems já implementou na Agile, tecnologias, metodologias e conceitos que suportam o modelo da cloud computing há muito tempo.
A evolução tecnológica da empresa passa por tornar a Agile capaz de fornecer mais informação ao CIO, sobre o que passa na infra-estrutura tecnológica da empresa. Hoje, na perspectiva de Rosado, a plataforma serve melhor os directores de informática e gestores de aplicações. Trata-se também de mostrar aos CIO os ganhos de tempo e produtividade alcançados com a adopção da plataforma.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado