Uso de software para controlo de emissões crescerá em 2010

Antes de 2008, se as empresas quisessem monitorizar as suas emissões de carbono, tinham que introduzir todos os dados em folhas de cálculo. Mas agora há uma nova categoria de software denominada C(ECA):

As aplicacoes ECA deverao registar um “crescimento explosivo” durante este ano e no próximo, de acordo com a consultora de mercado Groom Energy Solutions.
Apesar da recessão, a consultora diz ter detectado durante o ano passado sinais muito positivos para este mercado, que recebeu mais de 46 milhões de dólares em capitais de risco durante 2009. Além disso, as gigantes do software Computer Associates, Microsoft e SAP também já entraram no sector.
Embora possuindo ainda uma base limitada, o número de clientes de software ECA deverá aumentar cinco vezes até 2011, segundo a pesquisa realizada pela Groom Energy Solutions, em grande parte devido ao interesse de as empresas cultivarem uma imagem mais “verde” e às suas estratégias de economia de recursos.
A Groom Energy também identificou 60 fabricantes de software ECA e afirmou que os líderes deste mercado são a Enablon, Enviance, Hara Software, HIS Inc., Johnson Controls, PE International, ProcessMAP e SAP.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado