O ‘gadget’ mais aguardado chega finalmente ao mercado

A Apple anunciou a disponibilidade a nível mundial do iPad, um equipamento ‘tablet’ que irá permitir aos seus utilizadores visualizarem filmes, navegar na Internet e executar jogos de alta-definição.

Apesar da interface do iPad da Apple poder parecer familiar, o hardware é bastante mais poderoso do que os seus irmãos iPhone/iPod Touch. O menu principal é uma cópia do iPhone OS, com quatro ícones transversais e quatro ícones verticais, a que se adicionam os ícones do Safari, do Mail, do Photose do iPod numa linha em baixo. Os ícones possuem o mesmo design dos existentes no iPhone e incluem calendário, contactos, notas, mapas, YouTube, iTunes, App Store e Definições. Um novo ícone destina-se a vídeos.

O equipamento, cujo preço deverá rondar 499 dólares para a versão de 16GB, será comercializado a nível mundial dentro de 60 dias, referiu Steve Jobs no decorrer da apresentação do equipamento.
“Queremos começar o ano de 2010 com o lançamento de um produto revolucionário”, referiu Steve Jobs, Chief Executive Officer da Apple.
“Toda a gente utiliza equipamentos portáteis e ‘smartphones’. Uma questão surgiu: existe espaço para um terceiro equipamento entre o equipamento portátil e o smartphone?”, interrogou-se Steve Jobs. “Nós criámos algo que é. Designamo-lo como iPad.”
187970-ipad_back_slideAs funcionalidades do novo iPad incluem a capacidade de navegar na Web, ouvir musica, fotos, calendário e aplicações de mapa. Irá funcionar com a loja iTunes para permitir aos utilizadores descobrir e adquirir musica, filmes e espectáculos de televisão, salientou Steve Jobs.
À semelhança do iPhone, o iPad possui um teclado virtual. Tem uma espessura de 1,2 centimetros, pesa 600 gramas, tem um ecrã de 9,7 polegadas e disponibiliza opções de armazenamento interno de 16GB, 32GB ou 64GB. Funcionalidades wireless incluem suporte para tecnologias 802.11n Wi-Fi e Bluetooth. Inclui ainda suporte para tecnologia 3G.
187972-speaker_connector_edge_slideSteve Jobs demonstrou diferentes aplicações integradas no iPad, incluindo um álbum de fotografias que possibilita que os utilizadores naveguem através de fotos e que permite apresentações em diferentes modos. Uma loja integrada iPod e iTunes permite aos utilizadores navegar através de álbuns, enquanto as aplicações de calendário, contactos e endereços permite aos utilizadores identificarem eventos e outros dados.
A Apple anunciou ainda o kit de desenvolvimento iPhone SDK com suporte para o iPad. Os programadores podem descarregar o SDK no site da Apple.
Martin Nisenholtz, do The New York Times, esteve presente no lançamento do iPad para falar acerca da aplicação para o iPad. “Desenvolvemos uma aplicação para o iPhone que já foi descarregada mais de 3 milhões de vezes”, referiu. Presentemente, o jornal desenvolveu uma aplicação para o iPad, a qual foi desenhada para disponibilizar o melhor dos mundos do papel e digital. A aplicação permite aos utilizadores clicarem através de secções e aceder a artigos especificos. “Captura a essência de ler os jornais” referiu Martin Nisenholtz, assinalando que a aplicação permite a visualização de um ‘layout’ semelhante ao jornal”. Mas, contrariamente ao jornal, a aplicação iPad pode mostrar as actualizações de diferentes secções.
187983-e_reader_pageturn_slideA Electronic Arts apresentou uma versão do jogo “Need For Speed” no iPad. No decorrer da demonstração, Travis Boatman, da Electronic Arts, referiu que o equipamento é adequado a aplicações de jogosde elevada qualidade devido ao suporte para OpenGL ES. Entretanto, todas as aplicações iPhone irão funcionar no iPad, garantiram fontes da Apple no decorrer do evento.

187975-ibooks_menu_slideUma aplicação iBooks possibilita aos utilizadores navegar na iBook Store com conteúdos dos cinco principais editores, incluindo Simon & Schuster, HarperCollins e Penguin.
Phil Schiller, vice-presidente da Apple, apresentou uma aplicação de produtividade designada iWork que, entre outras funcionalidades, pode exibir apresentações através da aplicação Keynote, permitindo aos utilizadores alterar a dimensão das imagens e documentos através da utilização de um dedo. O iWork inclui ainda uma folha de cálculo designada Numbers.
Na aplicação Numbers, os utilizadores podem mover colunas em tabelas com um toque ou adicionar linhas através de um duplo toque. A entrada de dados numéricos inclui um teclado especial para números, incluindo formulas e funções. Os utilizadores podem ainda recorrer à aplicação Pages para escrever documentos.
187996-itunes_6164_slide “Queremos colocar este equipamento nas mãos de muitas pessoas”, salientou Steve Jobs. Assim, o preço da configuração básica é de 499 dólares para o modelo de 16GB até 699 dólares para omodelo de 64GB. O equipamento irá incluir tecnologia de banda larga móvel 3G para ligação à Internet. As versões de banda larga móvel terão um preço de 629 dólares para o modelo 3G com 16GB; 729 dólares para o modelo 3G com 32GB; e 829 dólares para o modelo 3G com 64GB.
“A nossa mais avançada tecnologia …a um preço inacreditável”, sublinhou Steve Jobs.

Uma nova categoria
187987-email_6120_slideO lançamento do iPad surge após alguns anos de rumores e de especulação em redor do desenvolvimento de um equipamento ‘tablet’ pela Apple. Mas a Apple não é a primeira empresa a lançar um equipamento com estas características. Alguns fabricantes de computadores pessoais, como a Dell, a Hewlett-Packard e a Asus apresentaram protótipos de equipamentos ‘tablet’ no decorrer do Consumer Electronics Show no início deste mês. Muitos destes modelos estão equipados com o sistema operativo Android Linux OS e disponibilizam a capacidade de navegar na Web, ver multimédia e ler livros electrónicos.
O HP Slate com sistema operativo Windows 7 foi apresentado por Steve Ballmer, Chief Exevcutive Officer (CEO) da Microsoft, no decorrer de um discurso no CES. O novo HP Slate será comercializado no decorrer deste ano. A Dell anunciou ainda que está a desenvolver um equipamento semelhante com um ecrã de 5 polegadas.
Responsáveis dos fabricantes de computadores pessoais referiram que o crescimento rápido da Internet móvel e dos ecrãs tácteis criaram uma nova classe de equipamentos de computação. Mas a Apple possui uma vantagem sobre os fabricantes de computadores pessoais na medida em que possui uma história de lançamento de produtos, como o iPhone e o iPod, que alteraram o modo como os equipamentos são desenhados.
Os rumores auxiliaram a Apple a definir o mercado de ‘tablets’ mesmo antes de ter lançado o equipamento, refere Roger Kay, presidente da Endpoint Technologies Associates. Os anúncios de lançamento de equipamentos ‘tablet’ pelos fabricantes de computadores pessoais foram desencadeados pela ameaça da Apple entrar no mercado.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado