Resultados da Nokia beneficiam de aceleração no último trimestre

Apesar do ano ter sido difícil para a Nokia, os resultados obtidos no decorrer do último trimestre maquilharam os resultados globais. A empresa finlandesa terminou o ano com uma redução dos lucros de 93,3 por cento relativamente ao ano anterior.

Apesar do ano ter sido difícil para a Nokia, os resultados obtidos no decorrer do último trimestre maquilharam os resultados globais. Assim, a empresa finlandesa terminou o ano com uma redução dos lucros de 93,3 por cento relativamente ao ano anterior. Apesar de tudo, a Nokia viu os seus resultados melhorarem 22% relativamente ao terceiro trimestre do ano passado. Os responsáveis da Nokia atribuem estes resultados à crise mundial vivida no decorrer do ano passado.
A quota de mercado também saiu afectada. De acordo com o comunicado oficial, a Nokia aumentou a sua quota de mercado na Alemanha, Reino Unido, Rússia e Espanha, enquanto que diminuiu em Itália, Finlândia e outros países. También han tenido perdidas en Estados Unidos, pero no en China, donde parece que Nokia se encuentra en proceso de consolidación.
As vendas de equipamentos móveis caíram 8% (432 milhões de equipamentos) enquanto que a sua quota de mercado a nível mundial caiu 1% relativamente a 2008. Olli-Pekka Kallasvuo, Chief Executive Officer (CEO) da Nokia, reconheceu que os novos ‘smartphones’ equipados com ecrãs tácteis e teclado QWERTY melhoraram os resultados nos finais de 2009.  Segundo Olli-Pekka Kallasvuo, a curto prazo pretendem quebrar o mercado com características que melhorem a experiencia do utilizador, como seja a navegação gratuita, recentemente anunciada.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado