Barclays não renova contrato com Accenture

O Barlcays não vai renovar o contrato de outsourcing de desenvolvimento de aplicações, no valor de 400 milhões de libras, com a Accenture.

O banco referiu que a decisão foi tomada devido a “razões comerciais” e recusou fazer outros comentários. Recorde-se que, recentemente, o banco tinha adoptado decisão idêntica relativamente à gestão de computadores pessoais da responsabilidade da Getronics. A Accenture irá continuar a actuar como fornecedor de “consultoria e serviços” do Barclays.
Duzentos e trinta empregados irão passar da Accenture para o Barclays após o final do contrato em 30 de Junho. Este número é bastante menor do que os iniciais 900 empregados que transitaram do banco para a Accenture após o contrato ter sido assinado em meados de 2004.
O contrato de seis anos contemplava a gestão dos sistemas comerciais e retalho, mas excluia a banca de investimento e as operações de gestão de activos do Barclays Capital e Barclays Global Investors.
Os responsáveis do Barclays referiram que a migração do desenvolvimento aplicacional para a estrutura interna da instituição irá permitir a criação de um “modelo de funcionamento mais eficiente”. Mas na altura da assinatura do contrato, tinham sublinhado que o outsourcing era um caminho melhor para alcançar a flexibilidade e reduzir os custos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado