APDC abre canal de TV on-line

No sentido de reforçar o seu papel como plataforma de referência para a inovação, a APDC abriu um canal de televisão on-line. Foi desenvolvida com base na plataforma FutureBox.TV, criada pela tecnológica portuguesa Viatecla.

O objectivo principal da associação liderada por Diogo Vasconcelos é criar um novo espaço de partilha das suas múltiplas actividades. No canal cujo endereço é http://tv.apdc.pt/ a APDC apresenta vários conteúdos. Em destaque está o Congresso das Comunicações de 2009. Todas as sessões do maior evento anual das TIC em Portugal, onde se debateu a inovação e o papel das Redes de Nova Geração na recuperação económica e no desenvolvimento social, estão disponíveis, na sua totalidade, para visionamento. Assim como as do Congresso das Comunicações de 2008, onde o tema de fundo foram “As TIC e as Alterações Climáticas”.
Estão também disponíveis vídeos de várias outras actividades da APDC, como os jantares-debate realizados este ano com os grandes líderes das TIC sobre o tema das Redes de Nova Geração e o seu papel no desenvolvimento económico e social. Assim, poderão ser visualizados os encontros com António Carrapatoso (Vodafone), Zeinal Bava (Portugal Telecom), Ângelo Paupério (Sonaecom) e Rodrigo Costa (Zon Multimédia).
Actualmente, a APDC dispõe no seu novo canal mais de 100 conteúdos, que perfazem um total de mais de 150GB de vídeo. O objectivo é aumentar sucessivamente a oferta da sua TV Online com novos conteúdos, à medida que se forem realizando novos eventos ao longo deste ano.



  1. Infelizmente o site referido só funciona com tecnologia proprietária da Microsoft, pondo de lado muitos utilizadores potenciais do canal.
    Vindo da APDC esperava que tivessem tido o cuidado de ter um site tecnologicamente independente, não excluindo o acesso a ninguém.

  2. O Canal APDC TV corre numa plataforma desenvolvida em tecnologia Silverlight da Microsoft, pois o produto FutureBox.TV do nosso parceiro Viatecla usa esta em tecnologia em vez do flash, propriedade da Adobe. Como se trata de uma tecnologia mais recente, será necessário instalar, sem custos naturalmente, o respectivo plugin no computador. Agradecia que nos informasse se conheçe alguma incompatibilidade com esta tecnlogia para que possamos reportar de imediato ao nosso developer através do email [email protected]. Cordiais cumprimentos. Sistemas de informação – APDC

Deixe um comentário

O seu email não será publicado