HP dirige canal para a gestão de impressão

A área de Imagem e Impressão da HP (Imaging and Printing Group – IPG) apresentou uma nova infra-estrutura comercial de impressão, cujo propósito é agilizar o acesso, os pedidos, e a gestão de contratos para parceiros e clientes.

Um comunicado da HP explica que a medida representa “a próxima fase da transformação da oferta contratual” do fabricante. A nova infra-estrutura foi concebida para facilitar os parceiros na oferta de um portefólio de contratos – como o programa Channel-led Pay-per-Usage (CLPPU), o programa Smart Printing Service (SPS) o programa Pay-for-Print (PFP) – para os seus clientes finais, de acordo com a companhia.


Três ferramentas para uma estratégia

–  O Pay-fo-Print suporta apenas os contratos de fornecimento nos quais a HP oferece aos revendedores a infra-estrutura para a medição e gestão de contratos. Este modelo contratual automatiza todas as encomendas, execução, facturação e disposição de consumíveis; reconhece quando o nível de um cartucho cai abaixo de um certo limiar, e automaticamente cria uma ordem de substituição, com entrega em 48 horas.

– O Channel Led Pay-per-Usage foi concebido para os revendedores que têm ou são capazes de investir na infra-estrutura para um custo por página de facturação e sistema de medição. A HP proporciona acesso a componentes, como os equipamentos, consumíveis e serviços, e os revendedores oferecem-nos aos clientes, nos contratos de custo por página, usando a infra-estrutura de revendedor.

– O Smart Printing Services é para revendedores que são capazes de gerir compromissos complexos, no qual a HP oferece a infra-estrutura base utilizada. A HP fornece a infra-estrutura necessária, o acesso aos componentes, tal como hardware, consumíveis e serviços, e os revendedores vendem-nos aos clientes com base num contrato.

HP dirige canal para a gestão de impressão

A área de Imagem e Impressão da HP (Imaging and Printing Group – IPG) apresentou uma nova infra-estrutura comercial de impressão, cujo propósito é agilizar o acesso, os pedidos, e a gestão de contratos para parceiros e clientes.

Um comunicado da empresa, a medida representa “a próxima fase da transformação da oferta contratual” do fabricante. A nova infra-estrutura foi concebida para facilitar os parceiros na oferta de um portefólio de contratos – como o programa Channel-led Pay-per-Usage (CLPPU), o programa Smart Printing Service (SPS) o programa Pay-for-Print (PFP) – para os seus clientes finais, de acordo com a companhia.

Três ferramentas para uma estratégia

O Pay-fo-Print suporta apenas os contratos de fornecimento nos quais a HP oferece aos revendedores a infra-estrutura para a medição e gestão de contratos. Este modelo contratual automatiza todas as encomendas, execução, facturação e disposição de consumíveis; reconhece quando o nível de um cartucho cai abaixo de um certo limiar, e automaticamente cria uma ordem de substituição, com entrega em 48 horas.

– O Channel Led Pay-per-Usage foi concebido para os revendedores que têm ou são capazes de investir na infra-estrutura para um custo por página de facturação e sistema de medição. A HP proporciona acesso a componentes, como os equipamentos, consumíveis e serviços, e os revendedores oferecem-nos aos clientes, nos contratos de custo por página, usando a infra-estrutura de revendedor.

– O Smart Printing Services é para revendedores que são capazes de gerir compromissos complexos, no qual a HP oferece a infra-estrutura base utilizada. A HP fornece a infra-estrutura necessária, o acesso aos componentes, tal como hardware, consumíveis e serviços, e os revendedores vendem-nos aos clientes com base num contrato.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado