IDC prevê queda de 2% no investimento das PME

As PME do mercado nacional investiram 1,1 mil milhões de euros em Tecnologias de Informação (TI) durante o ano de 2008, o que correspondeu a um crescimento de 10,9% face ao ano anterior. Para 2009 e como resultado dos efeitos da crise económica, a consultora prevê uma quebra de 2% do investimento das PME em TI.

Esta retracção do investimento neste segmento de mercado é, de acordo com a IDC, motivada principalmente pelo desinvestimento das pequenas empresas que pelas dificuldades de acesso ao crédito e problemas de tesouraria adiaram as decisões de investimento em TI.
A revisão das previsões da IDC relativamente ao investimento das PME para o período 2007-2012, realizadas em Abril último, apontam para uma taxa de crescimento médio anual de 2,4%, quando no início do ano as previsões situavam esta taxa de crescimento médio anual nos 2,7%.
Para 2010 e no actual cenário macroeconómico, as previsões da IDC apontam para uma recuperação do mercado, embora ligeira, na ordem dos 0,8%, situando-se o volume do investimento em TI das PMEs nacionais um pouco acima dos mil milhões euros. Para o último ano do período análise, 2012, a IDC prevê que o investimento ultrapasse os 1,2 mil milhões de euros, o que corresponde a uma taxa de crescimento de 7,8% face a 2011.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado