Mercado de dispositivos móveis deve cair 8%

Após anos de crescimento, o mercado global de dispositivos móveis sofrerá uma queda de oito por cento este ano, embora os smartphones continuem a crescer, de acordo com um novo estudo apresentado esta semana pela IDC. Este declínio é pior do que as previsões da consultora do final do ano passado, altura em que projectava uma queda de dois por cento neste mercado.

“As expectativas para 2009 eram negativas. Mas os resultados do nosso último estudo são piores do que o esperado, sendo que, aliados às notícias económicas negativas, indicam que este ano será pior do que o previsto”, diz o analista da IDC, Ryan Reith.
Segundo a IDC, a preocupação é compreensível neste período, mas a consultoria enfatiza que ainda há espaço para o mercado dos dispositivos móveis crescer e que a recuperação deve começar no primeiro semestre de 2010.
Em 2008, as vendas globais de dispositivos móveis cresceram quatro por cento, com destaque para os smartphones, que registaram um aumento nas vendas de 22 por cento, enquanto os telemóveis convencionais registaram uma subida de apenas dois pontos percentuais. Para este ano, a expectativa da IDC é que o mercado de smartphones tenha vendas três por cento melhores que no ano passado, enquanto o sector dos telemóveis tradicionais deverá sofrer uma queda de 10 por cento.
Em 2010, o mercado deverá recuperar, com uma subida de 9,5 por cento na procura, o que representa um salto de 22 por cento para os smartphones e de sete por cento para os aparelhos convencionais.
Em termos regionais, o abrandamento será pior em mercados já maduros, como a Europa e os EUA, onde os telemóveis tradicionais deverão cair um quinto este ano e o mercado global deverá registar um decréscimo de 14 por cento.
A única excepção no mercado norte-americano serão os smartphones, cujas vendas deverão permanecer fortes, com um crescimento esperado de oito pontos percentuais.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado