“Hacker yuppie” caçado pela SEC

Um estudante norte-americano de nome Van T. Dinh, com 19 anos, foi acusado pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) de piratear computadores e roubar a identidade de um investidor em Julho deste ano para vender as suas próprias acções da Cisco.

Segundo a SEC, Dinh teria cometido o crime para vender  7.200 acções uma semana antes que elas se desvalorizarem.


 


A acção teria evitado perdas de cerca de 37 mil dólares. Em Junho, o adolescente investiu 91,2 mil dólares para comprar mais de nove mil papéis da Cisco, valor que lhe deu o direito de vender por até 15 dólares as acções antes do dia 19 de Julho. Caso a venda tivesse ultrapassado o prazo, o valor seria reduzido.


 


Para conseguir realizar a fraude, o adolescente conseguiu informação privilegiada num fórum e com esta, e de acordo com a SEC, usou a sua própria conta para criar pedidos de venda para as acções.


 


As transações causaram um desfalque de cerca de 46,9 mil dólares da conta do investidor. Dihn poderá ser condenado a uma pena de até 30 anos de prisão.


 


A SEC usará o caso para aprofundar as suas investigações sobre transações online. Este caso servirá como alerta para que os investidores não confiem em programas oferecidos por outros internautas.


 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado