Centro de DR da IBM no Porto tem já uma centena de clientes

O Centro de Recuperação da IBM no Porto cresceu relativamente a 2002, segundo Ribeiro da Silva, no que diz respeito à sua capacidade tecnológica.

Tanto por força de novos contratos, como “pela exigência de novas plataformas e novas soluções dos clientes já existentes”, explica o responsável.


 


Actualmente o número de clientes do centro ascende a quase uma centena. “Com a instalação de infra-estruturas em fibra óptica, por dois operadores de comunicações  (1,7 Gbps) o Centro de


 


Recuperação do Porto, está super-dimensionado, e, termos de comunicações” afirma o responsável. Sobre o preço das mesmas, Ribeiro da Silva assinala uma redução dos custos da comunicações.


 


“Com a “procura” das comunicações para a transferência de dados online, estes custos terão a tendência para baixa, porque a relação, “oferta/ /procura” aproxima-se cada vez mais do ponto de equilíbrio.


 


Além das infra-estruturas  que têm a ver com as cautelas directamente ligadas à energia e ao fogo, entre outras, é esta a componente tecnológica dos centros IBM BC&RS em Portugal. Este ano a área do centro no Porto aumentou 2000 metros quadrados.


 


Na capacidade total existem mais 700 MIPS e mais dois sistemas AS/400 e mais 15 “Wintel”. Foram adicionados mais 20 PC ou terminais de acesso, e há mais 40 postos de trabalho.


 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado