Microsoft quer actualizar Windows 10 duas vezes por ano

A agenda, que abrange o Office 365 e o System Center Configuration Manager, visa ajudar os departamentos de TI a planearem implantações.

windows 10 - IDGNSA Microsoft está a oferecer aos profissionais de TI novas orientações sobre a agenda do fabricante para grandes actualizações de recursos, no Windows 10, aplicações cliente do Office 365 e System Center Configuration Manager (SCCM).

O Office e o Windows deverão receber duas pacotes de correcções e melhorias principais por ano, uma em Março e outra em Setembro. O SCCM será actualizado na mesma altura com as novas versões, para facilitar as implementações.

Isso significa que a próxima grande actualização do Windows 10, com nome código Redstone 3, será lançada em Setembro. Além disso, a Microsoft confirmou que cada edição da versão de recursos do Windows 10 será suportada durante 18 meses, depois de ter disponibilidade geral.

A decisão de visa oferecer consistência adicional para grandes clientes que querem planear implantações em torno de grandes planos de actualização da Microsoft. Os gestores de TI poderão saber com maior rigor quando o fabricante terminará os lançamentos principais e assim definirá os seus planos de implantação em torno disso.

As empresas que mantêm os seus utilizadores na faixa actual de implantação do “Branch for Business”, continuarão a ter as actualizações de recursos com um atraso de cerca de quatro meses, após a Microsoft dar-lhes disponibilidade geral.

Mas os utilizadores, interessados em aceder aos recursos mais recentes imediatamente, vão poder fazê-lo nos meses entre os lançamentos. Os profissionais de TI que desejem obter mais esclarecimentos sobre os planos de actualização da empresa poderão participar numa sessão de perguntas e respostas, que o fabricante planeou para Maio.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado