SAP prepara versão do Vora para cloud

A edição mais recente já inclui novos motores de processamento de dados concebidos para funcionar em nos Cloud Platform Big Data Services.

sap_vora_A SAP adicionou algumas novas capacidades à SAP Vora, o seu sistema de computação distribuída “in-memory” baseado em tecnologia Apache Spark e Hadoop. A versão 1.3 da plataforma inclui uma série de novos motores de processamento de dados, incluindo para dados em séries temporais, dados de gráficos e dados JSON sem esquema, capazes de acelerar processamentos complexos.

As utilizações mais comuns os motores de gráficos incluem a análise de gráficos sobre a actividade em redes sociais ou acerca de cadeias de abastecimento, refere Ken Tsai, líder de marketing de produto para a área de bases de dados e tecnologias de gestão de dados.

Uma aplicação que beneficiaria do novo motor para séries temporais seria a busca de padrões de consumo de electricidade conjuntos de elementos de contadores inteligentes. “Pode-se certamente fazê-lo sem o motor para séries temporais, mas não é tão eficiente”, argumenta Tsai.

A SAP lançou o Vora 1.3 em Dezembro, mas decidiu revelar os novos recursos na quarta-feira durante o Strata + Hadoop World 2017 em San Jose, disse Tsai. O produto, anteriormente conhecido como SAP Hana Vora, foi renomeado para evitar confusão com a plataforma de computação “in-memória”, Hana, que não é necessária para executar o sistema.

Os novos recursos incluem o suporte para conversões de moeda e uma variedade de adições específicas para a indústria, como uma ferramenta de retenção de clientes para operadores de telecomunicações.

O Vora é licenciado de três formas “Standard” e “Enterprise”, cobradas por nó de computação e “Developer”, que é gratuita, mas não pode ser usada em produção. A edição Enterprise também permite a integração mais aprofundada com a Hana, para empresas que precisam dela.

Embora possa ser executado em qualquer instalação de Hadoop e com integração em armazenamento na cloud, como a S3 da Amazon Web Services, a SAP planeia oferecer uma versão alojada na sua própria cloud durante o início de Abril, disse Tsai.

Os clientes poderão executá-lo no SAP Cloud Platform Big Data Services em data centers nos Estados Unidos e na Alemanha. Outros novos recursos incluem o suporte para conversões de moeda e uma variedade de adições específicas para a indústria, como uma ferramenta de retenção de clientes para operadores de telecomunicações.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado

eighteen − three =