Findmore substitui Easypeople na Cilnet

Comprou a participação de 45% da empresa sedeada em Angola.

João Martins_director-geral da Cilnet

João Martins, director-geral da Cilnet

A Cilnet redefiniu oficialmente esta semana uma nova estrutura accionista para a sua organização, com a entrada da Findmore Consulting. Esta empresa comprou por um valor não divulgado, a quota de 45%, mantida pela Easypeople.

Face à mudança, a primeira tem a expectativa de esta concorrer para consolidar a aposta na internacionalização e o aumento do seu do negócio na componente de serviços. Em 2015, 95% da actividade da empresa era referente ao mercado português e a empresa ainda não fechou as contas sobre o último exercício fiscal.

Nesse ano a organização facturou perto de 14,9 milhões de euros, e para 2016, alimentava a ambição de chegar os 17 milhões. Com a entrada do novo accionista , a Cilnet espera ter acesso à carteira de clientes da Findmore, para lhes oferecer soluções de serviços de valor acrescentado de desenvolvimento e implementação.

“Acreditamos que estamos preparados para potenciar cada vez mais o nosso crescimento no mercado nacional e consolidar de forma sustentada o crescimento no mercado europeu”, acentua João Martins, administrador da Cilnet.

rui-machado-ceo-da-findmore

Rui Machado, director-geral da Findmore Consulting

Rui Machado, director-geral da Findmore Consulting, considera que a participação na Cilnet, além de alargar a oferta da consultora, amplia o “leque de competências e permite uma maior abrangência de serviços e soluções às duas empresas.”

A Findmore Consulting duplicou para 50 profissionais a sua equipa de serviços de nearshoring, durante o primeiro semestre de 2016. E face ao incremento de volume de vendas em 2016, a empresa previa que ia precisar de contratar 137 trabalhadores durante 2017, esclareceu fonte da organização.

Em 2016, a Findmore Consulting passou a representar a Software AG em Portugal e Angola, com o estatuto “Premium Selected”. A parceria envolveu a criação de uma nova unidade de negócios com a incorporação da equipa da Software AG, presente em território português.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

three + 10 =