Twitter promete novos recursos para combater abusos

As mudanças nos serviços da rede sociais devem ser lançadas nos próximos dias e semanas, disse a empresa.

Jack Dorsey_Twitter

Jack Dorsey, CEO da Twitter

A Twitter avançou na última segunda-feira que nos próximos dias vai lançar novos recursos para combater abusos na sua plataforma, embora não tenha fornecido detalhes. “Estamos a desenvolver uma abordagem completamente nova para o abuso na Twitter. Incluindo um diálogo mais aberto e em tempo real sobre isso a cada passo do caminho “, escreveu o CEO da empresa Jack Dorsey.

Ed Ho, vice-presidente de engenharia na empresa, especificou numa série de “tweets” que a equipa vai “incidir em correcções atrasadas nos processos de silenciar / bloquear [utilizadores] e parar reincidentes de criar novas contas”,

Um grande número de utilizadores solicitou à Twitter que reprimisse o abuso e acções de assédio na sua plataforma. Alguns abandonaram mesmo a rede depois de alegadamente terem sido assediados.

Em Dezembro, Dorsey pediu aos utilizadores que identificassem quais as melhorias que a Twitter devia em 2017, e os resultados ficaram organizados em torno de quatro categorias, das quais uma era o abuso. Os outros foram a flexibilidade para corrigir erros facilmente nos “tweets”, e maior facilidade para acompanhar conversas e encontrar tópicos.

Algumas mudanças serão imediatamente visíveis, enquanto outras serão mais direccionados a cenários específicos.

A Twitter declarou ainda que está a abordar o tema da segurança sentido de urgência. Vários incidentes recentes, envolvendo administração do presidente Donald Trump, colocaram em evidência ameaças à segurança da rede.

Assim a empresa promete um série de mudanças para os próximos dias e semanas. Algumas delas serão imediatamente visíveis, enquanto os outros serão mais direccionados a cenários específicos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

three × 4 =