OLAmobile abre escritório em Guimarães

A instalação de uma equipa técnica em solo nacional conta com o apoio do Programar Portugal 2020.

Antoine Moreau, CEO da OLAmobile

Antoine Moreau, CEO da OLAmobile

A empresa abriu o segundo escritório em Portugal, na zona Guimarães, no qual instalou a primeira equipa técnica no país.

Esta equipa é a terceira da empresa que até agora contava com outras duas equipas técnicas no Luxemburgo e na Roménia, avança em comunicado.

A nova sucursal da multinacional de marketing móvel global representa também o início de uma parceria com a Universidade do Minho.

O objectivo desta parceira é desenvolver um projecto de investigação que visa a criação um novo algoritmo automático para a previsão e Optimização de campanhas publicitárias para dispositivos móveis em modelo de subscrição (Promos), que optimize “os agentes envolvido no negócio”, isto é, anunciantes, webmasters, criadores de conteúdos móveis e utilizadores finais, detalha a nota de imprensa.

“A abertura do novo escritório permite-nos focar na aprendizagem automática e inteligência artificial, e oferecer um caminho para algoritmos inteligentes identificarem novos padrões e realizarem decisões de negócios mais rápidas e eficazes”, justifica Antoine Moreau, CEO da OLAmobile.

Para o efeito, conta com as valências do Centro de Investigação Algoritmi, da academia que “tem um forte know-how nas áreas de análise inteligente de dados e business intelligence, que é um aspecto central deste projecto”, explica Paulo Cortez, coordenador do projecto na Universidade do Minho.

A empresa adianta ainda este projecto investigação, desenvolvimento tecnológico e inovação é apoiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da União Europeia, pelo Programa Portugal 2020 e pelo Programa Operacional Regional do Norte (Norte2020) no montante de perto de 565 mil euros.

O novo escritório representou um investimento de aproximadamente 722 mil euros e abrange a contratação de cinco novos colaboradores na área das Tecnologias de Informação, avança a empresa em comunicado.

No âmbito desta parceria, a Universidade vai também criar duas bolsas de doutoramento e duas bolsas de mestrado na escola de engenharia.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

four × two =