Alemanha quer fim de recolha de dados no WhatsApp

O órgão regulador do país determinou que a Facebook deixe de reunir dados da sua app de mensagens e apague as informações que entretanto tenha obtido.

id-2961409-16billion_whatsapp-100247079-primary-idge-100602828-primary-idgeA Alemanha exigiu que a Facebook pare de obter e armazenar dados de residentes alemães utilizadores do WhatsApp. É a primeira vez que os polémicos novos termos de serviço e privacidade deste sistema de mensagens, anunciados no final de Agosto, são alvo de medidas oficiais.

Para o órgão alemão de protecção de dados, a recolha de dados a partir do sistema de mensagens é “uma violação da lei nacional de protecção de dados”. No comunicado sobre o assunto, o regulador também ordena que o Facebook apague todos os dados que já obteve através do WhatsApp no país.

Os novos termos de serviço e privacidade do WhatsApp prevêem que a aplicação de mensagens comece a partilhar dados dos seus utilizadores, inclusive o número de telefone, com a Facebook. Os utilizadores mais antigos do WhatsApp tinham um mês, contado a partir da data em que receberam a notificação sobre os novos termos, para optar por não permitir que os seus dados sejam partilhados, com o grupo.

Este diz querer os dados para fins publicitários e sugerir novos contactos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

15 − 6 =