Preços da memória Flash em queda

A descida dos preços da memória Flash está a ser um estímulo para a adopção desta tecnologia nas empresas.

slide_8_ssd-100292189-origOs preços da memória Flash desceram, um facto que está a beneficiar as empresas que apesar de continuarem a gastar a mesma quantia de dinheiro conseguem maior capacidade de armazenamento. As organizações estão a gastar a mesma quantia de dinheiro em sistemas de armazenamento mas estão a obter maior capacidade em troca.

A informação é destacada pela IDC junto com dados do segundo trimestre sobre receitas obtidas com os sistemas empresariais, que alcançaram o valor de 8,800 milhões de dólares. À medida em que a tecnología Flash se torna mais barata, o armazenamento que as empresas conseguem obter é maior. Liz Conner, da IDC, destaca que “grande parte do mérito corresponde à queda no preço do gigabit de armazenamento na modalidade flash”.

Os avanços tecnológicos também ajudam tendo em conta que em ambientes em que, no ano passado, as empresas procuravam unidades SSD de até 3 TB, na actualidade podem adquirir grandes quantidades, com unidades de até 15 TB.

“Todos os arrays de memória flash que, de certa maneira são a vanguarda do armazenamento em estado sólido, estão a receber o dobro dos pedidos em relação há um ano”, destaca Conner. Mas a memória Flash também tem um papel destacado noutros âmbitos, como o armazenamento em servidores, com um crescimento de receitas de quase 10%, traduzidas num valor de 2400 milhões de dólares.

A tendência é estimulada parcialmente pelas organizações de menor dimensão que estão a redefinir as suas modalidades de armazenamento externo para simplificar a gestão. A maior velocidade de acesso e o tamanho mais compacto ajudam a tornar isso possível através da memória flash.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado