Dossier: Outsourcing

O espaço restrito da Administração Pública permanece na agenda do sector do outsourcing, para também impulsionar o negócio no nearshoring. A crise não parece estar a ajudar o sector, apesar deste prometer reduções de custos e ajudar no desemprego.

O sector do outsourcing português está a procurar ajustar-se à crise económico-financeira e não esquece o espaço restrito da Administração Pública, como potencial para ganhar massa crítica. Perante o potencial do mercado, Portugal pode aproveitar recursos humanos excedentes da função pública e disponíveis no universo do desemprego jovem.

A Associação Portugal Outsourcing aponta o regime fiscal como uma das áreas com necessidade de intervenção, para promoção dos serviços de nearshoring fornecidos desde Portugal – uma das “bandeiras” do sector.

E numa opção que pode surpreender alguns responsáveis, há quem pense no “insourcing”. Mas mesmo nesse cenário é importante perceber se a empresa está pronta para incorporar tarefas, hoje sob responsabilidade de fornecedores externos.
> Leia aqui a edição completa (pdf)

 

 

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

4 + 3 =