Dossier: Cloud Computing

Já se fala mais de inovação quando se analisa no país o modelo de computação, em vez da redução de custos. Não obstante, a maioria das empresas portuguesas ainda está a avaliar esse tipo de plataforma tecnológica.

 

A maior parte das empresas portuguesas ainda está a avaliar o potencial das plataformas de cloud computing, embora as maiores organizações portuguesas estejam a entrar numa segunda etapa. A Agência para a Modernização da Administração Pública também está a preparar um acordo-quadro para serviços de cloud.

Além disso as organizações interessadas já falam mais em inovação quando olham para o modelo de cloud – embora, para outras, o grau de adopção poderia ter evoluído melhor.

A dúvida sobre que tipo de cloud adoptar mostra a importância de outros aspectos, como a capacidade de facilmente usar recursos de plataformas de diferentes regimes. Além das questões de segurança, a migração para a cloud não é um “passeio”, apesar das vantagens reconhecidas. Não deixa de ser necessário gerir a mudança, preparar processos, adequar os sistemas existentes e arranjar financiamento.

> Leia aqui a edição completa (pdf)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado

1 × three =