Comissão Europeia contra Microsoft nos browsers

Procedimento contra empresa por não acatar decisão de 2009 e incorporar ecrã de escolha de browser no Windows 7.

A Comissão Europeia iniciou uma investigação contra a Microsoft para detectar se a empresa cumpriu com o compromisso assumido em 2009 de disponibilizar um ecrã inicial para a escolha de browsers.
Com base na informação recebida, diz a Comissão, a Microsoft terá falhado a incorporação deste ecrã no Windows 7 Service Pack 1, lançado em Fevereiro de 2011. Em Dezembro desse ano, a Microsoft reportou à Comissão estar a cumprir o compromisso. “Desde Fevereiro de 2011 até hoje, milhões de utilizadores do Windows na UE podem não ter visto o ecrã de escolha” e a empresa reconheceu que ele não foi mostrado nesse período, segundo a Comissão.
Após a investigação, e se a situação se confirmar, “a Microsoft deve esperar sanções”, afirmou Joaquín Almunia. Segundo este vice-presidente da Commissão responsável pela concorrência, a Microsoft deve disponibilizar o ecrã para a escolha do browser pretendido até 2014 e, até agora, “28 milhões de utilizadores podem nunca ter visto o ecrã de selecção”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado